Portugal Economia Social é o maior evento de empreendedorismo e inovação social do país

//Portugal Economia Social é o maior evento de empreendedorismo e inovação social do país

A 3ª edição do certame realiza-se nos dias 23 e 24 de Maio no Centro de Congressos de Lisboa, com entrada livre

Sabia que Portugal foi o primeiro país da Europa a reservar parte dos fundos estruturais europeus para a área da inovação social? No nosso país, o sector social é o segundo maior “empregador” nacional, com cerca de 260 mil trabalhadores em instituições, associações, IPSS, ONG’s, mutualistas, colectividades, cooperativas, misericórdias e fundações.

Neste contexto surge o Portugal Economia Social enquanto evento empenhado em promover e debater a Economia Social Solidária e estimular uma Economia Social Sustentável, através de um encontro com duas vertentes: o Fórum de Debate e uma mostra de produtos e soluções para o sector.

Para esta 3ª edição apostou-se num espaço para municípios, onde será apresentado o trabalho desenvolvido na área da inclusão social – envelhecimento activo e boas práticas, assim como a importância deste sector na empregabilidade da região concentrada nas instituições sociais. Os municípios de Cascais, Oeiras, Chamusca, Faro, Lousada, Braga, Fundão, Sintra, e Vila Franca de Xira, Vila Nova de Gaia, entre outros, apresentarão soluções sociais inovadoras e mostrarão de que forma se destacam enquanto município inclusivo.

Na sequência do sucesso do ano passado, o Social Innovation Shaker será novamente aposta no Fórum Debate do evento, com a apresentação de negócios sociais à procura de investimento, assim como de cinco projectos estrangeiros. A grande novidade será a presença na iniciativa de três investidores internacionais do sector da economia social.

Existem cerca de 61 mil entidades envolvidas na Economia Social. Torna-se, portanto, fulcral explorar a questão do financiamento. Assim, no Portugal Economia Social poderá assistir à Conferência “Financiamento e Inovação Social”, ideal para a obtenção de informação sobre as candidaturas para projectos co-financiados na área e também quais os benefícios fiscais para os Investidores Sociais.

Outra das novidades será a apresentação do “Guia de Boas Práticas de Acessibilidade – Comunicação Inclusiva em Monumentos Museus e Palácios”, um trabalho do Turismo de Portugal e da Direcção Geral do Património Cultural que visa a promoção de experiências de turismo mais inclusivas.

Num contexto pedagógico e interactivo o evento irá criar um espaço de experiências denominado “Viver a Diferença” onde será possível vivenciar algumas das dificuldades que pessoas com algumas incapacidades têm de superar.

Ajudar a cadeia da Economia Social a dar novas respostas é a missão principal do Portugal Economia Social, que fará convergir no mesmo espaço os municípios, as empresas e os investidores, um local de networking e partilha de conhecimentos e ideias com vista ao crescimento qualitativo do sector.

2018-05-07T10:39:20+00:00