Home/Ana Cristina Costa

About Ana Cristina Costa

This author has not yet filled in any details.
So far Ana Cristina Costa has created 13 blog entries.

Prémios Portugal Smart Cities Summit

Prémios: Portugal Smart Cities Summit atribuiu menções honrosas a personalidades e entidade que se destacam no sector da Energia, da Água e das Smart Cities

O Conselho Estratégico do Portugal Smart Cities Summit by Green Business Week 2018, decidiu atribuir durante o evento as seguintes menções honrosas a personalidades e entidades que contribuem diariamente e de forma ímpar para a dinamização dos sectores da Energia, da Água e das Smart Cities.

O Prémio Smart Cities 2018, atribuído no final da Cimeira dos Autarcas, foi entregue à ANMP – Associação Nacional de Municípios Portugueses, pelo trabalho que há três anos realiza na dinamização das Smart Cities, promovendo e incentivando a cooperação e a partilha de conhecimentos entre os diferentes municípios do país. Considerando os recentes testemunhos constatados no Smart Cities Tour, o Conselho Estratégico do Portugal Smart Cities Summit “considera este reconhecimento mais que meritório”.

António Almeida Henriques, vice-presidente da ANMP, recebe o prémio Smart Cities 2018

No dia 12 de Abril, no Encerramento do Summit de Energia, foi entregue o Prémio Personalidade EnergyLive 2018 ao Professor Catedrático, Vítor Santos, que actualmente lecciona no ISEG, por ser um dos principais especialistas em regulamentação dos serviços energéticos, uma área que tem colocado Portugal no mapa das boas práticas a nível europeu. Num percurso muito dedicado à regulamentação energética, Vítor Santos foi vogal e presidente do Conselho de Administração da ERSE-Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos e também Secretário de Estado da Economia no XIV Governo Constitucional.

Professor Catedrático Vítor Santos recebe o Prémio Personalidade EnergyLive

No último dia do evento, 13 de Abril, foi atribuído o Prémio Personalidade Acqualive 2018, escolhido pelas principais associações do sector da água, e que destaca o trabalho desenvolvido por Francisco Nunes Correia, Fundador da PPA – Parceria Portuguesa para a Água, ex-Ministro do Ambiente e que actualmente é Professor Catedrático de Recursos Hídricos e Ambiente, do Instituto Superior Técnico. A Parceria Portuguesa para a Água refere que a atribuição desta menção “…distingue o seu notável contributo para o sector da Água em Portugal que pode ser evidenciado pelo seu excepcional desempenho enquanto Ministro do Ambiente, do Ordenamento do Território e do Desenvolvimento Regional, enquanto responsável pela preparação do Plano Nacional da Política de Ambiente (PNPA), e no apoio ao processo de negociação com Espanha para uma nova convenção sobre recursos hídricos.”

Francisco Nunes Correia recebe o prémio Personalidade Acqualive 2018

Prémios Portugal Smart Cities Summit2018-04-19T09:55:34+00:00

Inauguração Portugal Smart Cities Summit

“Estou certo de que os desafios do Portugal Smart Cities Summit são também os desafios da economia e das empresas portuguesas, para termos mais e melhor economia, mais e melhor emprego e mais e melhor sustentabilidade”

Presidente da Fundação AIP, Jorge Rocha de Matos

Começou hoje o Portugal Smart Cities Summit by Green Business Week, o maior evento tecnológico e smart do país, que congrega empresas, municípios, startups e universidades no Centro de Congressos de Lisboa.

Serão três dias de networking entre as diferentes partes envolvidas, com um objectivo comum: dar a conhecer as novidades, os projectos inovadores, as iniciativas sustentáveis, tudo o que se faz em Portugal ao nível de sustentabilidade, ambiente, energia, tecnologia e outras matérias que envolvem o conceito emergente de smart cities.

Na sessão de abertura, que contou com a participação do Presidente da Fundação AIP, Jorge Rocha de Matos, do Presidente do Conselho Estratégico do Portugal Smart Cities Summit e também da Câmara Municipal de Viseu, António Almeida Henriques, e do Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, ficou demarcada a importância que este evento tem no panorama nacional, ficando a certeza de que já há muitos projectos de qualidade a serem desenvolvidos no nosso país e que, inclusive, têm um grande potencial de expansão além-fronteiras.

Nas palavras do Presidente da Fundação AIP, Jorge Rocha de Matos, “de facto, existe hoje, em Portugal, nestas áreas de negócio [smart cities], um número significativo de empresas, nomeadamente PMEs, com uma carteira de actividades e qualificações elevadas (…) Estão, por isso, em condições de trilharem o caminho da internacionalização e de se afirmarem nos mercados externos.”

A Fundação AIP continuará a demonstrar o seu apoio e a ser dinamizadora de acções deste “novo ciclo”, nas palavras do Presidente Jorge Rocha de Matos: “um novo ciclo, marcado pelo crescimento inteligente, pela digitalização generalizada da economia e pela inteligência territorial”.

Fernando Medina destaca o sucesso de soluções de mobilidade aplicadas em Lisboa

Fernando Medina falou sobre o sistema de bicicletas partilhadas da cidade de Lisboa que, diz o Presidente da Câmara Municipal, “veio responder a uma necessidade”. Embora seja um projecto piloto na capital, ainda em expansão, Fernando Medina destaca os números e considera positivo o feedback que os utilizadores da rede partilhada de bicicletas têm demonstrado: “O sistema de bicicletas eléctricas tem, em poucos meses, mais de 5000 assinaturas activas e que temos uma utilização diária em média de cerca de 1500 utilizadores, das quais 1000 são em hora de ponta.”

Não deixa de ser curioso que nós associamos ao conceito de smart cities o sistema de bicicleta partilhada. Nada mais clássico e antigo existe do que a bicicleta. Ou seja, não estamos a inventar nada. Estamos a aplicar, em pleno século XXI, a tecnologia de mobilidade que tanto nos ajudou no século XVIII e no século XIX, que depois teve um interregno durante uma parte do século XX e que hoje redescobre o seu papel nas cidades.” Destacar frase.

Para crescer, o conceito de smart cities precisa da sinergia entre indústria e território

Quem reitera esta ideia é António Almeida Henriques, Presidente do Conselho Estratégico do Portugal Smart Cities Summit e também da Câmara Municipal de Viseu e Vice-Presidente da Associação Nacional de Municípios – ANMP, que destacou a convergência de esforços que o país tem feito ao nível das smart cities e enumerou as transformações a nível qualitativo do evento: “Sentimos uma grande diferença no espaço de um ano. Como é que em um ano o país evoluiu tanto? Vamos vê-lo aqui [no Portugal Smart Cities Summit]. A primeira grande diferença que sentirão é a integração entre a indústria e o território (…) Porque aquilo que antes eram ideias viradas para o futuro hoje são projectos concretos que estão a ser aplicados por este país fora, independentemente da dimensão do município.”

 “A tecnologia pode ser um indutor de desenvolvimento, pode ser veículo de mais felicidade para os cidadãos, o que no fundo é aquilo que, nós autarcas, ambicionamos, ou seja, mais bem-estar para os cidadãos.” Frase para ser destacada.

O esforço desenvolvido pela ANMP, no qual a Fundação AIP é um apoio importante, ao nível da promoção e divulgação dos conceitos associados a smart cities valeu-lhes a distinção mais que meritória do prémio Smart Cities 2018, atribuída pelo Conselho Estratégico do Portugal Smart Cities Summit.

fotos de Nuno Cruz / Fundação AIP
Inauguração Portugal Smart Cities Summit2018-04-19T09:57:20+00:00

Postal de Natal da Fundação AIP criado por filhos de colaboradores

Porque o Natal é de todas as crianças

A Fundação AIP lançou, este ano, um concurso para os filhos dos funcionários de todo o Grupo para darem asas à sua imaginação e criarem o Postal de Natal oficial desta entidade.

‘À procura de pequenos grandes talentos’ foi o mote dado às crianças para intervirem de uma forma simbólica, mas genuína, com um desenho que simbolizasse a quadra natalícia. O concurso destinou-se aos filhos de todos os colaboradores interessados, com idade igual ou inferior a 14 anos, enviando um desenho da sua autoria.

Para além do vencedor ver o seu postal publicado nas páginas oficiais das entidades pertencentes ao Grupo Fundação AIP, há ainda um prémio simbólico de valor em compras, para além de diploma de participação a todas as crianças que concorreram

O júri que avaliou as propostas era constituído por um conjunto de colaboradores das entidades pertencentes ao Grupo Fundação AIP que não tenham filhos em idade de poderem concorrer a este concurso.

“Pelo que me apercebi, o júri não teve uma tarefa nada fácil”, foi a conclusão do presidente da Fundação AIP, Jorge Rocha de Matos, “dado o empenho e criatividade de todos os pequenos participantes no nosso concurso de talentos”.

O desenho vencedor foi criado por Manuel Santos, de 7 anos, de idade e ilustra o Postal de Natal 2017 de toda a organização. Foi ainda decidido, pelo júri, que todos os trabalhos apresentados e não classificados nos 3 primeiros lugares, seriam considerados/classificados ex aequo.

Para mais ver os postais clique no link abaixo

http://fundacaoaip.pt/boas-festas-feliz-natal/

 

Postal de Natal da Fundação AIP criado por filhos de colaboradores2017-12-15T16:46:16+00:00

FIL Diverlândia, Circo Cardinali e Exposição de Lego continuam até 7 de Janeiro

“Natal é na FIL” abriu quadra natalícia com solidariedade e boa disposição

para mais de 50.000 visitantes

A Natalis, integrada no ‘Natal é na FIL’, iniciou a quadra dedicada essencialmente às famílias, amigos e solidariedade entre as pessoas, com boa disposição, festa e compras. Esta é uma época, cheia de significados que, genuinamente, fazem com que as pessoas olhem para os outros com mais tempo, dedicação e alegria. Foram milhares as famílias que escolheram a FIL, entre os dias 6 e 10 de Dezembro, para deixar entrar a magia do Natal, que junto aos mais de 170 expositores deram corpo a esta 12ª edição.

A alegria oferecida aos mais novos no Mercado do Chocolate e Doces Conventuais, e as receitas que aprenderam em família, fizeram as delicias de todos com as mais tradicionais iguarias, animando a FIL durante cinco dias, iniciando um ciclo de festa, com a Fil Diverlândia, o Circo Cardinali, a Exposição de Lego e muitas outras atracções que permanecem até dia 7 de Janeiro.

‘O Natal é na FIL’ é uma iniciativa da Fundação AIP / FIL que dá a oportunidade a quem visita de adquirir prendas originais para esta quadra festiva, conhecer e apoiar mais de 50 Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) e disfrutar de bons momentos de diversão.

A festa continua na FIL até dia 7 de Janeiro

A iniciativa ‘Natal é na FIL’, pretende reflectir o espírito desta época, marcado pela solidariedade, diversão e companhia de amigos e família, que durante todo o mês de Dezembro e início de Janeiro combinam ambientes de festa, adrenalina e convívio, desde as crianças aos avós, amigos ou namorados, todos têm oportunidade de passar bons momentos.

A FIL DIVERLÂNDIA, – Maior feira Popular Indoor do País um enorme espaço dedicado à animação, com toda a comodidade de um espaço coberto.

A partir dos 2 anos, os preferidos são o Carrocel Francês, o Kanguru Infantil, Trampolins com elásticos, Montanha Russa Lagarta, Carrossel Paraíso Gigante, Carrossel de dois andares e Pavilhão New York. Mas nesta feira de divertimentos também os jovens mais arrojados podem testar os seus limites. Subir até aos 18m no High Energy é uma das opções para quem não tem medo de alturas. Para os amantes de velocidade, a opção será o Mattherhorn que oferece uma experiência louca a 200km à Hora.

Já para aqueles que preferem a adrenalina à velocidade, têm ao dispor a Mega Pista de Carros de Choque. O Simulador Virtual, o Kanguru Louco XXl, o Mega Dance ou o Maxi Dance, o Hulk são outras das alternativas que podem ser escolhidas pelos amantes destes equipamentos e que estarão disponíveis até dia 7 de Janeiro.

A maior exposição horizontal de construção em LEGO, candidata a recorde mundial ocupa uma mesa com uma área de 100m2, no pavilhão 2, com 5 milhões de peças, e inclui uma cidade, naves espaciais da saga Star Wars, uma cidade medieval, uma cidade espacial e vários outros temas que vão deleitar toda a família. Pela primeira vez em Lisboa, a exposição está candidata a um recorde mundial do Guiness. Paralelamente, as crianças que se deslocarem a este Pavilhão da FIL, contam também com o Espaço Lego Kid onde podem explorar e experimentar, construir e desconstruir num processo criativo que não tem regras nem definições obrigatórias.

Novidade, este ano, do ‘Natal é na FIL é O Circo Jorge Cardinali apresenta em paralelo com os tradicionais palhaços, trapezistas, malabaristas, contorcionistas, as maiores atracções de Hollywood, recriando em tamanho natural com o conceito “Cinema para o Circo”, as figuras do King Kong, o Exterminator, os Transformers e o Homem Aranha.

O Circo de Natal da FIL conta com um espectáculo inédito produzido com a mais recente inovação tecnológica ao nível da iluminação, som e efeitos especiais, em exibição na FIL até 7 de Janeiro.

 

Mais informações em:

http://natalis.fil.pt/

http://diverlandia.fil.pt/

https://www.facebook.com/Natalis.Fil/

https://www.facebook.com/diverlandia.fil/

FIL Diverlândia, Circo Cardinali e Exposição de Lego continuam até 7 de Janeiro2017-12-14T12:24:51+00:00

Centro de Portugal aposta na Bolsa de Turismo de Lisboa

O Centro de Portugal estará em destaque na próxima edição da Bolsa de Turismo de Lisboa que irá decorrer de 28 de Fevereiro a 4 de Março na FIL, Parque das Nações.

O Centro de Portugal irá estar representado no pavilhão 1 da 30ª edição da BTL enquanto Destino Nacional Convidado através de muitas actividades para o público em geral e da dinamização do próprio espaço das respectivas regiões. No pavilhão 2, o Centro de Portugal também estará representando com as associações, municípios e entidades hoteleiras, numa área total de cerca de 700 m2.

O Presidente do Turismo Centro de Portugal, Pedro Machado, refere: “A presença na Bolsa de Turismo de Lisboa é muito importante para nós. A BTL é a maior montra de promoção turística a nível nacional e após os acontecimentos deste ano na região – a tragédia dos incêndios – é essencial demonstrarmos que o Centro de Portugal continua a oferecer excelentes condições enquanto destino turístico. A BTL é, portanto, a ocasião perfeita para as pessoas conhecerem toda a oferta turística ao nível do Património Cultural, Natureza, Gastronomia e Vinhos que marcam a identidade do nosso país.”

Para Fátima Vila Maior, directora de área de feiras da FIL responsável pela BTL acrescenta: “Estamos muito satisfeitos com a escolha do Centro de Portugal enquanto Destino Nacional Convidado, que em 2016 registou cerca de 19,2 milhões de dormidas e os respectivos municípios, entidades e empresas que ao longo dos anos têm vindo a aumentar o espaço e a reforçar o seu posicionamento na BTL. Sendo a maior e mais diversa região turística do país, esta será sem dúvida uma excelente oportunidade para descobrir este fantástico destino repleto de boas experiências.”

O Centro de Portugal segue-se à Madeira e ao Algarve, destinos nacionais convidados em 2017 e 2016, respectivamente.

Mais informações sobre a BTL 2017 em:

www.btl.fil.pt

www.facebook.com/BTL.FIL 

Centro de Portugal aposta na Bolsa de Turismo de Lisboa2018-01-16T11:36:34+00:00

Tektónica com 25% de crescimento no ano em que comemora 20 anos

No ano em que comemora a sua 20ª edição, a Tektónica, maior feira do sector da construção e obras públicas em Portugal, conta já com uma forte adesão, com um crescimento superior a 25 por cento relativamente ao período homologo da última edição, mostrando o dinamismo e crescimento nos sectores que representa. Sob a organização da FIL, Fundação AIP, a Tektónica realiza-se de 16 a 19 de Maio de 2018.

Neste crescimento global da feira pode-se realçar alguns sectores, o banho com mais 20%, eficiência energética e sustentabilidade com mais 15%, máquinas e ferramentas para construção com mais 40%, podendo-se confirmar com estes valores que todos os sectores formam um verdadeiro cluster de impulso económico para Portugal e que continua a abrir fronteiras noutras áreas do globo, com favoráveis tendências nas exportações.

A Tektónica 2018 aposta em áreas em franco desenvolvimento como as Infraestruturas, a reabilitação urbana e a inovação em materiais de construção. Prosseguindo a sua estratégia de internacionalização destaca este ano os Estados Unidos da América.

A Tektónica é o grande ‘telhado’ que engloba seis salões que mostram as principais tendências do sector – SK, Salão Internacional de Pavimentos e Revestimentos Cerâmicos, Banho, Cozinha; SIMAC, Salão Internacional de Materiais e Equipamentos para Construção; Salão Internacional das Pedras Naturais; TEK GREEN, Salão de Energias Renováveis, Construção Sustentável e Responsabilidade Social na Construção; TEK MÁQUINAS, Máquinas e Equipamentos para Construção e Obras Públicas; TEK WOOD, Salão da Indústria da Madeira e Cortiça para Construção.

Entre as múltiplas actividades desenvolvidas para os profissionais e grande público, que cada vez mais visitam a Tektónica com interesse em serem os próprios ‘donos’ das suas construções ou remodelações, o programa inclui o Portugal Constrói, o Espaço Inovação, as Academias Tecktónica, Apresentações Comerciais, os Prémios Tektónica.

A direcção da Tektónica pretende continuar o seu trabalho, com as entidades e empresas parceiras e representadas nesta edição, de contínuo estímulo e interacção entre os sectores representados, invertendo o movimento que se sentiu nos últimos anos, revelando um mercado em expansão com mais obras e mais empresas em acção, traduzindo-se em mais negócio.

Mais informações em:

http://www.tektonica.fil.pt/

https://www.facebook.com/tektonica.fil/

Tektónica com 25% de crescimento no ano em que comemora 20 anos2018-01-18T10:45:37+00:00

‘O Natal é na FIL’ a partir de 6 de Dezembro

O NATAL NA FIL

COMEÇA DIA 6 DE DEZEMBRO E ACABA A 7 DE JANEIRO

Mercado de Natal, Mercado Outlet e Mercados de Chocolate e Doces Conventuais, FIL Diverlândia, Exposição de Lego e Circo Jorge Cardinalli, compõem o vasto e animado programa que a FIL oferece neste Natal a todas as Famílias.

O ‘Natal é na FIL’ começa com a NATALIS entre 6 e 10 de Dezembro, de acesso gratuito no primeiro dia, e prolonga-se até 7 de Janeiro, complementando os festejos da quadra natalícia com uma oferta que inclui para além da festa das compras e da gastronomia, animação e diversão para todas as idades com a FIL Diverlândia, a Exposição de Lego e o Circo Jorge Cardinalli.

Natal é oferecer e partilhar e a NATALIS facilita esta tarefa num espaço acolhedor onde escolher o presente certo para cada um dos familiares e amigos, será muito fácil pois aqui encontram-se opções para todos. Para além do tradicional MERCADO DE NATAL, com uma vasta selecção de presentes originais, peças diferenciadas em relação às comerciais, no MERCADO OUTLET marcam presença marcas com grandes descontos numa variedade extensa que inclui Moda e Acessórios, Casa, Desporto, Livros, Brinquedos, entre outros, com descontos que chegam a 70%.

Mas o que vai encantar todos os visitantes será o MERCADO DE CHOCOLATE, o local certo para saborear uma variedade de combinações salgadas ou doces com cacau, com os melhores mestres chocolateiros e Chefs nacionais que vão apresentar iguarias e surpreender numa experiência de diversas degustações onde o rei da festa é o chocolate. Especialmente para as Famílias, a iniciativa Choco Family oferecerá em permanência, a possibilidade de confeccionarem pizzas de chocolate, numa interacção constante com o público que, para além de comer, poderão aprender a fazê-las. Para os fanáticos de chocolate, o programa de worshops será a opção ideal para ficarem a conhecer mais sobre a confecção deste ingrediente guloso. Mas para aqueles que querem apenas assistir sem “pôr a mão no chocolate”, podem deleitar-se com os vários Showcookings que terão lugar no período em que decorre a NATALIS e onde os profissionais vão apresentar várias opções de pratos com chocolate.

Junto a este mercado ficará um espaço dedicado aos Doces Conventuais cujas receitas em Portugal tem uma larga tradição e história e que engrandeceram a gastronomia, e cuja fama se estendeu além-mar, passando de geração em geração.

Os mais pequenos vão encontrar no Natal da FIL um verdadeiro paraíso de diversão e aprendizagem

A maior exposição horizontal de construção em LEGO, candidata a recorde mundial vai ocupar uma mesa com uma área de 100m2, e inclui uma cidade, naves espaciais da saga Star Wars, uma cidade medieval, uma cidade espacial e vários outros temas que vão deleitar toda a família. Pela primeira vez em Lisboa, a exposição está candidata a um recorde mundial do Guiness. Paralelamente, as crianças que se deslocarem a este Pavilhão da FIL, contam também com o Espaço Lego Kid onde podem explorar e experimentar, construir e desconstruir num processo criativo que não tem regras nem definições obrigatórias.

Mas o Natal da FIL continua.  O CIRCO com tenda chega a Lisboa para apresentar King Kong, o Exterminator, os Transformers e o Homem Aranha, recriando em tamanho natural as maiores atrações de Hollywood. Com o conceito “Cinema para o Circo”, o Circo de Natal da FIL conta com um espetáculo inédito produzido com a mais recente inovação tecnológica ao nível da iluminação, som e efeitos especiais.

Não faltará neste evento toda a fantasia e imaginário habituais do Circo. Aos ícones do cinema, juntam-se palhaços, trapezistas, malabaristas e equilibristas que vão imprimir de emoção, luz e magia este espetáculo grandioso com produção de Jorge Cardinali e que estará em exibição até 7 de Janeiro.

Para complementar a oferta de ‘O Natal é na FIL’ temos ainda a tradicional DIVERLÂNDIA, um enorme espaço dedicado à animação que é uma verdadeira Feira Popular Indoor, com toda a comodidade de um espaço coberto.  A partir dos 2 anos, os preferidos são o Carrocel Francês, o Kanguru Infantil, Transpolins com elásticos, Montanha Russa Lagarta, Carrossel Paraíso Gigante, Carrossel de dois andares e Pavilhão New York. Mas nesta feira de divertimentos de inverno todos se podem divertir e testar os seus limites. Subir até aos 18m no High Energy é uma das opções para quem não tem medo de alturas. Para os amantes de velocidade, a opção será o Mattherhorn que oferece uma experiência louca a 200km à hora. Já para aqueles que preferem a adrenalina à velocidade, têm ao dispor a Mega Pista de Carros de Choque. O Simulador Virtual, o Kanguru Louco XXl, o Mega Dance ou o Maxi Dance, são outras das alternativas que podem ser escolhidas pelos amantes destes equipamentos e que estarão disponíveis até dia 7 de Janeiro.

NATALIS

Entrada

Primeiro dia – acesso gratuito (open day)

Bilhete – 2,5€

Horário

6 e 10 Dez | 15h00 – 21h00

7 a 9 Dez   | 15h00 – 23h00

LEGO

Entrada

Adulto – 5€ | Criança – 3€

Horário

15h00 às 23h00, 6ªs e Sábados, das 15h00 às 24h00

CIRCO

Entrada

Adulto – Bancada – 15€ | Cadeiras – 20€ | Palcos-Pista – 25€

Crianças – grátis até aos 2 anos, ao colo

Crianças dos 2 aos 10 anos – desconto de 50%

Horário

Todos os dias – 16h30 e 21h30, Sábados, Domingos e Feriados – 15h30, 17h30 e 21h30

DIVERLÂNDIA

Entrada

Livre

Preço médio por equipamento 2 Divers = 2 euros

Horário

15h00 às 23h00, 6ªs e Sábado, das 15h00 às 24h00

 

Mais informações em: 

http://natalis.fil.pt/ 

http://diverlandia.fil.pt/

https://www.facebook.com/Natalis.Fil/ 

https://www.facebook.com/FILDiverlandia.FIL/ 

‘O Natal é na FIL’ a partir de 6 de Dezembro2017-11-27T16:03:38+00:00

BTL 2018 com 80 por cento de área vendida

30ª EDIÇÃO DA BOLSA DE TURISMO DE LISBOA

COM 80% DE ÁREA VENDIDA

A fase de inscrições para a 30ª edição da BTL – Bolsa de Turismo de Lisboa terminou no passado dia 10 de novembro e a feira conta neste momento com 80% do espaço contratado. A adjudicação dos espaços irá decorrer já no início do próximo mês de Dezembro.

Fátima Vila Maior, directora de área de feiras da FIL e responsável pela BTL afirma: “Considerando o êxito da última edição e o bom momento que o Turismo atravessa, estamos muito confiantes com o balanço das inscrições. Até à data, registamos um acréscimo da área vendida de quase 40% face à última edição, tendo em conta o começo antecipado da feira e o crescente interesse por parte das empresas em assegurar o espaço das adjudicações que decorrem em Dezembro.”

A BTL 2018 irá contar com a presença de expositores de diferentes segmentos, nomeadamente associações, municípios, agentes de viagem, operadores turísticos, hotelaria, restauração e animação turística. A responsável adianta: “Registámos um aumento significativo nos vários sectores, nomeadamente o Alojamento, o que confirma o interesse crescente por parte dos profissionais na área do Turismo.”

A mesma responsável refere ainda: “No próximo ano, a BTL comemora a 30ª edição e será, sem dúvida, um marco na história da maior feira de viagens nacional. Queremos continuar a apostar no sector, que continua a crescer a bom ritmo e reforçar a sua afirmação internacional junto dos principais players do mercado.”

A BTL 2018 decorrerá de 28 de Fevereiro a 3 de Março na FIL, Parque das Nações e é o maior evento de Turismo realizado em Portugal.

BTL 2018 com 80 por cento de área vendida2017-11-27T13:11:14+00:00

Números da 2ª edição Portugal Economia Social superam expectativas

COZINHA COM ALMA É A VENCEDORA

DO PRÉMIO EMPREENDEDOR SOCIAL

Números da 2ª edição Portugal Economia Social superam expectativas

7 projetos selecionados por investidores no Social Innovation Shaker

Entre 17 e 18 de novembro o Centro de Congressos de Lisboa recebeu mais de 2.500 visitantes que puderam conhecer 40 expositores e assistir a um programa que contou com 20 horas de conferências, pitches e concursos e um total de 37 oradores. Destaque para as “Mesas de Consultoria”, que disponibilizaram aos interessados consultoria gratuita sobre questões fundamentais para o sucesso dos seus projectos e que forneceram 150 consultas.

Foram apresentados um total de 65 projetos, 15 dos quais estiveram em exposição com os seus autores no espaço IES – Instituto Empreendedorismo Social e 50 integraram o Social Innovation Shaker, de onde foram seleccionados 7 projectos. O projeto vencedor da 2ª edição do Prémio Empreendedor Social foi a Cozinha com Alma.

No discurso de abertura do evento, o presidente da Fundação AIP, Jorge Rocha de Matos, sublinhou “No Portugal Economia Social vamos sentir o pulsar de um sector com uma importância crescente na economia portuguesa, a avaliar tanto pelos indicadores económicos e sociais como pelos efeitos induzidos em toda a sociedade portuguesa”, tendo reforçado a ideia de que o propósito da iniciativa “consiste em estimular a cadeia de valor da economia social, fazendo interagir um número alargado de protagonistas da sociedade civil e do sector público e privado, contando com empreendedores e investidores, business angels, empresas, fundações, mutualidades, municípios, cooperativas, IPSS, misericórdias e universidades”.

No conjunto dos 7 projetos que foram selecionados pelos investidores para beneficiarem de apoios como resultado da sua participação no Social Innovation Shaker, 3 deles bisaram, já que foram escolhidos por dois investidores. A lista de contemplados – Cozinha com Alma, Academia de Código, Mentes Empreendedoras, Inspiring Future, Book in Loop, By Ajuda de Mãe, Informática nas Freguesias da CIMRL – vai beneficiar de um conjunto de serviços que incluem desde o mentoring, à cedência de espaço para ações de visibilidade ou acesso a palcos internacionais para aferição de elegibilidade em candidatura a novos instrumentos de financiamento.

Ao longo dos dois dias do Fórum, os vários oradores discutiram um conjunto de temas do sector da economia social tendo sido elencados os vários pontos chave que devem nortear o desenvolvimento dos projetos, nomeadamente, as parcerias e a capacidade de conjugar esforços como fatores cruciais de sucesso, a integração do empreendedorismo nos currículos escolares elevando a educação a ponto central na motivação da criatividade e espírito empreendedor nos jovens, a necessidade de conciliar inovação social e sustentabilidade como forma de gerar boas ideias mas que são viáveis, o desmistificar do preconceito associado ao lucro empresarial, a responsabilidade social corporativa como missão de impacto social sustentável, entre outros.

A representação oficial na 2ª edição do Fórum Portugal Economia Social fez-se ao mais alto nível, tendo contado com a presença do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, da Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, Maria Manuel Leitão Marques, do secretário de Estado do Emprego, Miguel Cabrita, (em representação do ministro do Trabalho, da Solidariedade e da Segurança Social, Vieira da Silva), da secretária de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência, Ana Sofia Antunes, e da secretária de Estado do Turismo, Ana Godinho.

 

SOCIAL INNOVATION SHAKER | INVESTIDORES E PROJETOS SELECIONADOS

  • EMPIS
    • Investimento: Lugar como orador para a Conferência Europeia de Inovação Social e reunião de ativação, na qual, de forma personalizada, pode analisar-se detalhadamente as características do projeto e as eventuais condições da sua elegibilidade para candidatura a um dos instrumentos de financiamento geridos pela EMPIS.
    • Projeto: Cozinha com Alma (vencedor da 2ª edição do Prémio Empreendedor Social) – http://www.cozinhacomalma.pt/

 

  • Fundação AIP
    • Investimento: Oferta de espaço de exposição em próximos eventos de inovação social e/ou temáticos em função da natureza do projeto (ex. saúde, tecnologia, turismo, etc.) e facilitação de contactos com outros players desse setor.
    • Projetos: Inspiring Future (http://www.inspiringfuture.pt/), Academia de Código (http://www.academiadecodigo.org/), Mentes Empreendedoras (https://www.facebook.com/SomosMentes/)

 

  • Caixa Económica Montepio Geral
    • Investimento: Uma semana de incubação na Impact Hub Lisbon, incubadora internacional de impacto sua parceira.
    • Projeto: Informática nas Freguesias da CIMRL (http://www.cimregiaodeleiria.pt/)

 

  • SCML 

 

  • Laboratório de Investimento Social
    • Investimento: Duas lunch clinics
    • Projetos: Informática nas Freguesias da CIMRL e Book in Loop

 

  • IES: SBS
    • Investimento: Bolsa numa formação Scaling for Impact.
    • Projeto: Inspiring Future

 

  • Nova SBE Venture Lab
    • Investimento: Mentoria durante 1 semestre e disponibilização do ecossistema Nova SBE como Living Lab para teste e experimentação.
    • Projeto: Book in Loop (https://www.bookinloop.com/)
Números da 2ª edição Portugal Economia Social superam expectativas2018-01-18T10:45:38+00:00

Sucesso do Lisboa Games Week 2017 reflecte posicionamento económico dos sectores envolvidos

Quarta edição do Lisboa Games Week confirma expectativas e regista 55.286 visitantes em quatro dias de evento

Durante quatro dias, a FIL foi palco do maior acontecimento da indústria dos videojogos em Portugal. O Lisboa Games Week recebeu 55.286 visitantes, que puderam conhecer e experimentar as novidades apresentadas pelas grandes plataformas e estúdios internacionais, incluindo os títulos mais aguardados de 2017 e para 2018. Foi também possível experimentar, em exclusividade, consolas e novos dispositivos de realidade virtual.

O evento, coorganizado pela FIL e a E2Tech, consolidou o seu posicionamento no calendário das feiras internacionais do sector. Exposição, experimentação, entretenimento e espaços temáticos, divulgação da produção independente e serviço educativo, foram as principais propostas apresentadas pela organização, indústria e parceiros, para o grande público, profissionais e escolas.

A presente edição contou com a representação de mais de 300 entidades e marcas em dois pavilhões da FIL e um grande auditório, num total de mais de 25.000 m2 de recinto dedicado ao evento, onde as apresentações e demonstrações, passatempos, competições, animações, network profissional e formação para escolas marcaram os quatro dias do evento.

Sucesso do Lisboa Games Week 2017 reflecte posicionamento económico dos sectores envolvidos2017-11-27T12:35:05+00:00