Home/Inês Rosado

About Inês Rosado

This author has not yet filled in any details.
So far Inês Rosado has created 73 blog entries.

Portugal Smart Cities Summit e Segurex em simultâneo na FIL

De 16 a 18 de Novembro, na FIL, realiza-se em simultâneo o Portugal Smart Cities Summit e o SEGUREX – Salão Internacional de Proteção, Segurança e Defesa.

Portugal Smart Cities Summit – as smart cities debatem-se na FIL, de 16 a 18 de novembro.

Entrada é gratuita mediante pré-registo.

REGISTE-SE AQUI!

De 16 a 18 de novembro, as smart cities debatem-se na FIL – Feira Internacional de Lisboa. O Portugal Smart Cities Summit é o local de convergência e o marketplace físico de criação de oportunidades para o mercado nacional e internacional, no que toca às temáticas que compõem o universo das cidades inteligentes. Oportunidades ligadas à investigação e à educação que proporcionam a criação de negócios nos mais diversos sectores. Oportunidades para refletir sobre o futuro da organização das cidades no mundo. Este é o mote do Portugal Smart Cities Summit.

As cidades e as soluções urbanas têm, neste evento, um especial enfoque, uma vez que são debatidas e apresentadas as tendências, os desafios e soluções num ecossistema Smart, torna-se o Portugal Smart Cities o único Marketplace físico e plataforma digital de criação de oportunidades de negócio inteligentes, nomeadamente para toda a comunidade lusófona, levando a inovação e transformação digital a um universo de mais de 290 milhões de habitantes.

É não só um local de exposição de medidas e soluções de empresas, entidades privadas, municípios, universidades e politécnicos, startups, mas também de grandes conferências e pitches, com o propósito de se tornar um evento de excelência na troca de know-how, potenciando a geração de negócios.

O Portugal Smart Cities conta com um conjunto de temas que contribuem para o desenvolvimento das cidades como a Governação, Mobilidade, Smart Cities, Energia, Inovação & Desenvolvimento, Ambiente e sustentabilidade, Transformação digital, Saúde e Bem-estar, Resíduos e Financiamento, que irá contribuir para a discussão e o alargamento de horizontes que ajudem a alavancar uma Europa mais verde e sustentável.

A edição de 2021 do Portugal Smart Cities promoverá, igualmente, a internacionalização. Outro dos objetivos do Portugal Smart Cities é transformar-se numa referência nacional e no quadro da internacionalização pretende-se criar uma relação de proximidade com os países da CPLP – Comunidade dos Países da Língua Portuguesa, ao fomentar o encontro entre os agentes impulsionadores da transformação digital. Essa componente da internacionalização estará também em destaque através da participação dos oradores convidados para as conferências, de forma que a partilha de experiências possa ser aplicada em várias geografias do planeta.

No Portugal Smart Cities são impulsionados a nível internacional os projetos e soluções que são desenvolvidos em Portugal e por empresas portuguesas e onde é fundamental uma ligação permanente entre o mundo académico/científico e empresarial. Portugal tem sido crescentemente reconhecido como um país de talentos e de competências nestas áreas de conhecimento, permitindo assim a exportação de conhecimento e soluções “made in Portugal”.

O Portugal Smart Cities Summit é um evento que conta com o Alto Patrocínio de Sua Excelência, o Presidente da República e o apoio institucional do Ministério de Estado, da Economia e da Transição Digital, do Ministério da Modernização, do Estado e da Administração da Pública, do Ministério do Ambiente e da Ação Climática.

Consulte aqui todo o programa!

  • As mais importantes entidades, empresas e marcas ligadas à segurança e proteção têm encontro marcado no SEGUREX 2021

REGISTE-SE AQUI!

De 16 a 18 de novembro, na FIL – Feira Internacional de Lisboa, volta a realizar-se o SEGUREX – Salão Internacional de Protecção, Segurança e Defesa, evento bienal, líder em Portugal nas áreas da segurança e proteção.

O SEGUREX, organizado pela Fundação AIP, apresenta-se, nesta que será a sua 19ª edição, mais tecnológico, atento às tendências e evoluções dos vários segmentos do mercado, nomeadamente aos ligados à componente eletrónica, fator cada vez mais diferenciador nos serviços globais de segurança.

Entre essas tendências destaca-se a Segurança Eletrónica, a Vigilância e Segurança nas Cidades e Espaços Públicos, em convergência com as temáticas do Portugal Smart Cities Summit, evento que ocorre em simultâneo, aproveitando as sinergias comuns dos dois salões e proporcionando um maior leque de oportunidades e criação de novos negócios.

Mantendo o envolvimento dos sectores habitualmente presentes, Incêndio, Socorro e Salvamento, Segurança de Pessoas e Bens e Segurança Eletrónica entre outros, o SEGUREX, afirma-se como o Marketplace por excelência e aposta sobretudo nas novidades e inovações, destacando as empresas que num mercado em constante mutação, apostam na inovação e no desenvolvimento de novos produtos, serviços e equipamentos, contribuindo para o desenvolvimento do tecido empresarial.

A cada dois anos, o SEGUREX premeia, distingue e valoriza os projetos e entidades através da atribuição de prémios na categoria de Inovação. Destaca-se também o seu carácter de formação e debate, com a organização de conferências e outras ações temáticas.

Em 2019, o SEGUREX registou um crescimento da área exposicional, com a participação de cerca de 150 empesas e entidades, comprovando a força e dinamismo dos sectores do security e safety.

Consulte aqui todo o programa!

* Estes dois eventos decorrem em simultâneo, potenciando as sinergias entre os vários sectores ligados à Organização e Segurança nas cidades, nomeadamente as tecnologias dirigidas para a Segurança no Espaço Público, com o objetivo de melhorar a vida de todos os cidadãos, mas também proporcionar um leque completo de oportunidades de criação de negócios.

Portugal Smart Cities Summit e Segurex em simultâneo na FIL2021-11-12T16:43:32+00:00

Tektónica e SIL marcaram o regresso das grandes feiras à FIL com edições que superaram as expetativas

Tektónica e SIL marcaram o regresso das grandes feiras à FIL com edições que superaram as expetativas

Foram dois pavilhões, num total de mais de duzentos expositores, que mais uma vez voltaram a juntar-se: Tektónica – Feira Internacional da Construção e SIL – Salão Imobiliário de Portugal, eventos complementares, de construção e imobiliário respetivamente, que poderam ser visitados em simultâneo, existindo assim, um incremento das sinergias inerentes aos sectores em exposição.

Os números superaram as expetativas. Para além de um aumento muito significativo do número de expositores, demonstrativo da vontade e determinação de ambos os setores no regresso aos eventos presenciais e que se evidenciou pela ocupação de dois pavilhões – mais de 20 mil m2 – também o número de visitantes demonstrou a vontade que o público tinha, profissional e público em geral, de voltar às feiras: mais de 12 mil visitantes passaram por ambas as feiras, entre os dias 6 e 10 de outubro.

Ambas as feiras, nos seus setores, proporcionaram não só o network e a concretização de negócios como também propiciaram o debate sobre as tendências e o futuro da construção e do imobiliário, com a realização do Ciclo de Conferências Tektónica e do SIL Investment Pro, ambas iniciativas para os profissionais dos setores em questão.

Igualmente, a Tektónica e o SIL premiaram as melhores e mais inovadoras empresas dos setores, nos Prémios Inovação Tektónica 2021 e nos Prémios SIL do Imobiliário 2021. As listas com todos os vencedores encontram-se em https://imobiliario.fil.pt/premios-sil-do-imobiliario/ e https://tektonica.fil.pt/premio-inovacao-tektonica/.

Com a realização da Tektónica e do SIL, a Fundação AIP deu o seu contributo para a retoma económica dos sectores envolvidos – construção e imobiliário – assim como evidenciou a sua missão de ajuda às empresas portuguesas, bem como com a retoma progressiva da economia nacional.

De reforçar que, o sucesso da edição de 2021 de ambas as feiras, só foi possível devido ao comprometimento dos expositores, pelo seu empenho e dedicação, não só ao certame como também para com o mercado que representam, algo que foi fundamental para a transmissão da mensagem de positivismo e confiança para o país, demonstrando que é possível continuar a assegurar as relações económicas e a concretização de negócios que as feiras possibilitam, depois de vários meses em stand-by.

A Tektónica e o SIL regressam na primeira quinzena de maio de 2022, em data a anunciar oportunamente.

O próximo evento organizado pela Fundação, será a 11 de novembro no CCL – Centro de Congressos de Lisboa. O Portugal Exportador, evento de um dia inteiramente dedicado à exportação conta com países e mercados em destaque e foca-se em prestar apoio às PME’s portuguesas no seu processo de internacionalização. Mais informações em www.portugalexportador.pt.

Tektónica e SIL marcaram o regresso das grandes feiras à FIL com edições que superaram as expetativas2021-10-12T12:36:58+00:00

33ª edição da FIA Lisboa foi um êxito

33ª edição da FIA Lisboa foi um êxito

Edição especial da Feira Internacional do Artesanato impulsionou a retoma do setor

Era o principal objetivo da Fundação AIP: ajudar os artesãos nacionais na retoma económica do setor. Depois de, em 2020, não se ter realizado a FIA, esta edição especial de 2021, com enfoque no artesanato português, revelou-se um sucesso, dentro das condicionantes já conhecidas.

De 4 a 12 de setembro, a FIA abriu portas no pavilhão 3, conservando o seu núcleo distintivo – uma área dedicada ao artesanato nacional, uma área dedicada ao artesanato internacional, e a zona da gastronomia. Foram cerca de 200 expositores e mais de 22 mil visitantes, que passaram pela FIA durante nove dias, numa demonstração de apoio aos artesãos e dando o seu contributo para ajudar a recuperar um setor tão profundamente afetado pela pandemia.

A Fundação AIP decidiu organizar a FIA 2021 com esse mesmo propósito, em parceria com o IEFP, tendo o mesmo sido alcançado feito o balanço final, após nove dias em que o artesanato esteve em destaque. A FIA impulsionou a retoma do setor, com um balanço positivo por parte dos expositores e com base nos visitantes.

Uma vez mais, a FIA proporcionou aos visitantes a possibilidade de aprofundarem o seu conhecimento e contactarem de perto com a excelência do artesanato português e com uma multiplicidade de artesãos consagrados que tanto têm contribuído para a preservação e conservação deste importante património da cultura portuguesa.

Aos nossos parceiros, com especial destaque para o IEFP, expositores e visitantes, a Fundação AIP expressa o seu agradecimento público, por terem contribuído de forma decisiva para ajudar a alavancar este setor e terem um papel incontornável no fomento de uma manifestação cultural tão importante no nosso país, como o é o artesanato.

A FIA Lisboa está já a preparar a edição em 2022, com uma redobrada determinação em voltar a ter uma edição sem as presentes limitações e com uma maior expressão na diversidade de expositores que, habitualmente, marcam presença na maior Feira Internacional do Artesanato que se realiza na Península Ibérica.

33ª edição da FIA Lisboa foi um êxito2021-09-13T15:22:23+00:00

FIA Lisboa 2021 aposta na promoção e na recuperação do artesanato nacional

Feira Internacional do Artesanato regressa à FIL de 4 a 12 de setembro

A Fundação AIP, através da Lisboa – Feiras Congressos e Eventos, com o apoio do IEFP – Instituto do Emprego e Formação Profissional, vai realizar a FIA Lisboa de 4 a 12 de setembro de 2021. Será uma edição adaptada à conjuntura atual, mas que manterá o seu núcleo tão distintivo e que tanto cativa o público: uma área dedicada ao artesanato nacional – em grande destaque – ao artesanato internacional e ainda a área da gastronomia.

Visite o site da FIA Lisboa
Compre aqui o seu bilhete

Depois de, em 2020, a FIA Lisboa não se ter realizado por não estarem reunidas as condições de segurança relativas à contenção da pandemia COVID-19, e de ser necessário proceder ao adiamento da feira nas datas inicialmente previstas em 2021, a Fundação AIP encara a realização daquela que é a mais representativa feira de artesanato da Península Ibérica como uma aposta séria e consciente no retomar do caminho para este setor e com elevada expectativa que esta constitua uma viragem no desenvolvimento da atividade económica, sabendo o que representa para o artesanato nacional e para os seus artesãos.

Esta 33ª edição da FIA Lisboa será, aliada a uma franca aposta no desenvolvimento da atividade económica deste setor – também ele muito afetado pela pandemia – o apostar também na divulgação e promoção do artesanato e gastronomia nacionais, porta de entrada para a promoção turística das regiões, que são representadas na FIA Lisboa pelos seus artesãos.

A Fundação AIP tem implementado um Plano de Contingência e, com base nas diretivas da DGS – Direção Geral de Saúde, irá tomar medidas de forma a assegurar toda a segurança para expositores e visitantes. Dessa forma, a área exposicional será alargada para garantir uma melhor circulação de pessoas e assegurar as devidas distâncias de segurança e será explorado todo o potencial interno e externo do recinto da FIL, garantido, assim, um incremento do espaço disponível. Ao mesmo tempo, a capacidade será limitada ao número permitido por m2 e só é permitida a entrada na FIA Lisboa mediante a apresentação do Certificado Digital COVID da UE ou de um teste negativo válido.

A realização da FIA Lisboa 2021 permite também aos visitantes uma viagem por culturas de outros países, preservando a mística pela qual a FIA Lisboa é reconhecida e que, ao longo das suas 32 edições, tem trazidos tantos visitantes à FIL.

Nesta edição de 2021 a Fundação AIP, atenta a situação económica do setor e da economia nacional, vai incentivar a presença de visitantes e compradores do artesanato nacional e internacional, através de descontos nos bilhetes de entrada que serão, em média, de 50% comparativamente à última edição de 2019.

FIA Lisboa 2021 aposta na promoção e na recuperação do artesanato nacional2021-09-10T12:34:33+00:00

Bolsa de Viagens powered by BTL foi um passo importante para a retoma do turismo

A Fundação AIP realizou no primeiro fim-de-semana de junho – dias 4, 5 e 6 – a Bolsa de Viagens powered by BTL na FIL – Feira Internacional de Lisboa, um evento de entrada gratuita, de venda direta ao público, que se assumiu como uma plataforma de apoio à retoma do turismo nacional.

No escopo da sua missão de promover, patrocinar e realizar ações que visem o desenvolvimento das atividades das empresas portuguesas, diretamente, ou através das suas participadas, a Fundação AIP considerou que era sua obrigação contribuir para acelerar a retoma do setor através de um evento “especial” que teve particular enfoque no mercado português, na sua oferta turística diversificada e de elevada qualidade, de Norte a sul de Portugal, procurando ajudar a cativar e os “turistas portugueses” para esses destinos nacionais.

Missão que foi cumprida pelo feedback dado pelos visitantes da Bolsa de Viagens – dados recolhidos através de inquérito – dos quais 96% reconheceu a importância deste evento no retomar do setor do turismo em Portugal, dados complementados com 100%, que consideraram de extrema relevância, numa altura em que há constrangimentos na mobilidade internacional, a realização de um evento destinado a vender o destino Portugal ao consumidor português.

Deste inquérito foi também possível apurar que 85% dos visitantes planeia fazer férias em 2021, e que 15,5% dos inquiridos comprou as suas férias na Bolsa de Viagens powered by BTL. 57,5% referiram que, não tendo fechado a compra no evento, identificaram oportunidades que poderão adquirir nos próximos dias, comprovando o potencial de resultados de negócio do evento a médio/longo prazo.

Foi igualmente possível perceber por estes dados que as ilhas – Açores e Madeira – estiveram no topo de preferências dos visitantes na altura de escolher pacotes para a suas férias, com 31% a indicar que estes eram os destinos que queriam comprar. Outro dado interessante é o de que 72% dos inquiridos planeia gastar mais dinheiro nas suas férias em 2021 do que no período pré-pandemia, o que demonstra a vontade dos portugueses em viajar.

No caso de existir uma próxima Bolsa de Viagens, 95% referiu que visitaria novamente o evento.

O feedback dos expositores foi igualmente positivo. Patrícia Pires, do Consórcio Transfronteiriço de Cidades Amuralhadas – Almeida e Ciudad Rodrigo, realça que “foi muito importante a realização deste evento para a retoma do turismo nacional” e que, “embora sendo uma edição especial, o feedback foi bastante positivo, e ficámos surpreendidos porque o público demonstrou muita curiosidade e foi efetivamente um tipo de visitante com vontade não só de conhecer, mas também de comprar.”

O Município da Lourinhã reforça esta ideia, realçando que este foi “o primeiro grande evento de oferta turística de 2021” e que “a Bolsa de Viagens deu a oportunidade de apoiar operadores de pequena e média dimensão da Lourinhã, tendo marcado presença na feira três serviços detentores do selo de qualidade Marca Lourinhã”, ao mesmo tempo que o Município apresentou e divulgou no evento, como nos referiu em representação da Câmara Municipal da Lourinhã, Ana Bento, a campanha “Até Já” que pretende convidar os turistas a visitarem o território da Lourinhã e a conhecerem a diversidade da oferta turística do mesmo.

Carlos Costa, administrador da NAU Hotels & Resorts, elogia esta iniciativa, referindo que “a realização da Bolsa de Viagens traduz um importante sinal de vida da constelação de setores que integram a atividade turística, contribuindo para a divulgação da oferta e a dinamização da procura. Por outras palavras, um evento com relevância para a retoma do turismo, uma das mais importantes e estratégicas atividades da economia portuguesa.”

Também a Top Atlântico destaca a importância deste evento: “O facto deste evento pretender incentivar e facilitar a marcação de férias para os portugueses (…) é, sem dúvida, uma oportunidade para retomarmos o nosso negócio que à semelhança de tantos outros se viu gravemente afetado”, e acrescentou que a participação da Top Atlântico na Bolsa de Viagens foi feita “para mostramos aos portugueses que estamos preparados para os ajudar a ir de férias com tranquilidade, informação e segurança, seja em Portugal ou no estrangeiro.”

A Fundação AIP não pode deixar de agradecer, de forma muito reconhecida, a todos os expositores e visitantes que participaram nesta edição especial da Bolsa de Viagens powered by BTL, pela sua visão e tenacidade ao perceberem que a sua ação será determinante para que a retoma do setor se possa iniciar e por serem atores ativos que muito contribuíram para a dinâmica de recuperação gradual deste setor.

A Fundação AIP faz votos de que outras entidades públicas e privadas prossigam este caminho de intervenção proactiva, para que passo a passo, todos possam ser parte deste desiderato de recuperação do Turismo Nacional.

No mesmo âmbito, a Fundação AIP está, igualmente, a contribuir para a retoma económica e turística do Algarve, com a organização, em conjunto com a Marina de Vilamoura, da 23ª edição do Vilamoura Marina International Boat Show, na Marina de Vilamoura, que começou este sábado, 5 de junho e prolonga-se até dia 13 junho, evento de entrada livre, destinado aos amantes de náutica. Este evento foca-se, sobretudo, na mostra de embarcações, no mar e em terra, algumas delas que serão apresentadas pela primeira vez em Portugal.

O potencial não só turístico, com uma adesão excecional por parte do público, mas também de negócio do Vilamoura Boat Show ficou demonstrado nos primeiros dias do evento, com a confirmação da concretização de negócios no decorrer destes primeiros dois dias.

Bolsa de Viagens powered by BTL foi um passo importante para a retoma do turismo2021-06-09T15:57:22+00:00

Marina de Vilamoura International Boat Show de 5 a 13 de junho

Marina de Vilamoura International Boat Show de 5 a 13 de junho

Setor náutico e lifestyle em destaque na Marina de Vilamoura

Visite o site!

De 5 a 13 de junho de 2021, todos os caminhos têm um destino: Vilamoura. A Marina de Vilamoura volta a receber o Marina de Vilamoura International Boat Show, evento que se realiza desde 1999 na marina da célebre estância algarvia.

O evento irá reunir todas as tipologias de embarcações, novas e seminovas, no seu meio natural, a água, e em terra, bem como representantes de marcas de acessórios, equipamentos e serviços integrados. Este tipo de mostra permite experienciar de forma direta e experimentar os equipamentos de forma prática e cómoda, com um acolhimento personalizado aos clientes e visitantes, num ambiente envolvente e natural.

Em 2021, o Marina de Vilamoura International Boat Show terá um segmento dedicado ao lifestyle – O Mercado da Vila – com a introdução de uma área inteiramente dedicada à moda, à decoração e ao design, complementares ao sector da náutica de recreio.

Aliado à exposição de embarcações e ao Mercado da Vila, o Marina de Vilamoura International Boat Show terá, igualmente, um espaço privilegiado dedicado às atividades náuticas, como diving, surf, vela, entre outras.

A Marina de Vilamoura é, efetivamente, um local privilegiado para a realização de um evento deste género, por se tratar da maior e mais importante marina de Portugal, com cerca de 825 postos de amarração, tendo recebido vários galardões internacionais e ocupando um lugar de referência no panorama da náutica de recreio nacional e internacional.

Esta é uma organização da Marina de Vilamoura, em parceria com a Fundação AIP (FIL – Feira Internacional de Lisboa).

Marina de Vilamoura International Boat Show de 5 a 13 de junho2021-04-26T10:53:08+00:00

Portugal Exportador está de regresso dia 18 de Novembro, na FIL, com formato híbrido

No dia 18 de Novembro, na FIL – Feira Internacional de Lisboa, voltam a debater-se exportações e internacionalização. A 15ª edição do Portugal Exportador apresenta uma novidade em conformidade com os tempos actuais: uma versão híbrida, com componente presencial e online, esta última com recurso a uma app já utilizada noutros eventos organizados pela Fundação AIP no presente ano, a FIL – Smart Events.

Visite o site aqui
Registe-se aqui para visitar o evento

O cerne do Portugal Exportador permanece intacto. Será um dia, das 9h00 às 18h00, inteiramente dedicado à exportação. O Portugal Exportador é um marketplace com um programa dedicado a mercados e sectores em destaque para as exportações portuguesas, através de conferências, cafés temáticos, reuniões B2B e Web-Buyers. É um dia inteiramente dedicado ao networking, com a possibilidade de concretizar novos negócios e conhecer potenciais clientes nacionais e internacionais, com a presença de empresas, PME’s, startups, Câmaras de Comércio e Embaixadas.

Imagem da edição de 2019 do Portugal Exportador.

Este evento faz parte da missão da Fundação AIP em prestar apoio às pequenas e médias empresas que queiram iniciar o seu processo de internacionalização, fornecendo-lhes o local e os contactos para uma possível concretização de negócios. Tal missão vem ser consolidada com a introdução da vertente digital do Portugal Exportador que permite agendar reuniões B2B virtuais, com agentes nacionais e internacionais; assistir a conferências via livestreaming; aceder ao catálogo dos expositores do evento; com a introdução de inteligência virtual é possível fazer matchmaking com outros utilizadores através da análise dos perfis próprios; realizar videochamadas, entre outras.

De realçar, também, que, com a utilização da FIL Virtual permite-se que a dinâmica de negócios perdure para além da realização física do evento e que a rede de contactos permaneça online para poder ser consultada até à próxima edição, aumentando assim o retorno do investimento dos expositores e participantes.

Imagem da edição de 2019 do Portugal Exportador.

O Portugal Exportador, que ao longo das quinze edições tem contribuído de forma preponderante para ajudar milhares de empresas e empresários a chegar a novos mercados e que, inclusive, foi distinguido pela Comissão Europeia em 2019 com o prémio “Apoio à internacionalização das empresas”, apresenta em 2020 uma programação dedicada a mercados e sectores de interesse para os empresários e empresas portuguesas, com destaque para os oito workshops: “Risk Assessment na Exportação”, “Passos para a Exportação”, “Logística: sector em mudança”, “Online. Mercados e sectores com maior potencial”, “Missão: Exportar e Diversificar”, “Comércio Internacional. Saiba o que está a mudar” e “Turismo: motor das exportações?”. A sessão de abertura conta com a presença do Presidente da Fundação AIP, o Comendador Jorge Rocha de Matos, António Ramalho, CEO do Novo Banco, João Dias, administrador da aicep Portugal Global e conta ainda com a intervenção do Ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva.

Estes são os workshops do Portugal Exportador 2020 ⬇

Os cafés temáticos são igualmente parte do Portugal Exportador, conversas informais de carácter informativo. São oito os cafés temáticos do Portugal Exportador 2020, com destaque para as apresentações das oportunidades de negócio na África do Sul e no Panamá, “Oportunidades junto de instituições financeiras multilaterais”, como preparar a participação numa feira para apresentar os seus produtos/serviços e também cafés temáticos dedicados à logística, aos seguros e aos créditos, dirigidos pelos patrocinadores do evento, Rangel, VICTORIA Seguros e NOVO BANCO, respectivamente.

Imagem da edição de 2019 do Portugal Exportador.

O Portugal Exportador repete ainda uma iniciativa de grande sucesso na edição transacta: os web-buyers. Os participantes no evento poderão agendar meetings com compradores internacionais via online, sendo possível, para o sector agro-alimentar reunir com buyers do Brasil, China, Equador, México, Singapura e EUA e no sector da construção e imóveis com buyers do Brasil e do Equador.

As startups têm também no Portugal Exportador uma oportunidade única para o network. Em parceria com a Link to Leaders, o Portugal Exportador lançou o programa Meet The Leaders, que possibilita às startups presentes no evento o contacto com sete empresários de renome: Pedro Lourenço, administrador da Ideias Glaciares, Francisco Ferreira Pinto e Santiago Salazar, partners da Bynd Venture Capital, Isabel Neves, presidente do Business Angels Club de Lisboa, Cintia Mano, investidora que está ligada à REDangels e à COREangels AtlanticDavid Malta, Venture Partner do fundo de investimento Vesalius Biocapital e Sérgio Rodrigues, presidente da Invicta Angels.

O Portugal Exportador abre portas das 9h00 às 18h00 no PT Meeting Center da FIL, no Parque das Nações. A visita presencial está sujeita à compra de bilhete através de www.portugalexportador.pt/registo/ e sujeito à limitação máxima de pessoas previstas para o evento. Na vertente digital poderão os interessados participar no evento através do canal de Youtube da FIL – FIL – Parque de Exposições e Congressos de Lisboa, que transmitirá em streaming conteúdos do evento.

Portugal Exportador está de regresso dia 18 de Novembro, na FIL, com formato híbrido2020-11-11T15:55:58+00:00

Lisboa Games Week lança LGW Live e leva os Videojogos a novos públicos

Lisboa Games Week lança LGW Live e leva os Videojogos a novos públicos

O Lisboa Games Week lançou o LGW Live, a nova plataforma de streaming do Lisboa Games Week, que estará no ar de 20 a 22 de Novembro no site do LGW, com a presença de convidados ilustres da música, cinema, televisão e rádio e com convidados e marcas da indústria dos videojogos.

LGW Live é o nome da nova plataforma de streaming do Lisboa Games Week, criada com o objectivo de oferecer aos seguidores do maior evento de videojogos em Portugal e entusiastas do gaming em geral, conteúdos diferentes daqueles que são experienciados no evento presencial.

Em parceria com a Fnac e com o apoio da AOC Gaming, marca com presença assídua no Lisboa Games Week, o primeiro evento da LGW Live irá “cruzar” convidados ilustres da música, cinema, televisão e rádio, com convidados e marcas da indústria dos videojogos.

O Programa do evento LGW Live, que estará no ar de 20 a 22 de Novembro em transmissão multistream a partir do site do Lisboa Games Week e com acesso gratuito, terá várias horas diárias de emissão, das quais se destacam talkshows temáticos com actuações de convidados e uma banda residente, programas dedicados à actualidade dos videojogos em todas as vertentes – Fnac Gaming Sessions, novos produtos apresentados pelas próprias marcas, passatempos, humor e muito entretenimento.

A FIL, entidade organizadora do Lisboa Games Week, acredita que a LGW Live e seus conteúdos produzidos e lançados ao longo do ano entre edições do evento presencial, ganharão o seu espaço no digital e ajudarão as marcas a conquistarem novos públicos.

Em ano de grande expectativa face ao lançamento de novas consolas, a LGW Live não poderia deixar de dar o devido destaque às grandes novidades. O Programa inclui também rubricas dedicadas ao Cosplay, Esports, Retrogames, VR|AR e Board Games, bem como Media Talks com os principais meios dedicados à actualidade dos videojogos.

A LGW Live irá anunciar diariamente e até à realização da emissão do seu primeiro Programa, de 20 a 22 de Novembro, o vasto cartaz de marcas parceiras da indústria dos videojogos, os autores e convidados dos seus programas e também os convidados de outras áreas, que vêm a estúdio falar dos títulos que mais gostam e das suas experiências no universo dos videojogos.

O Lisboa Games Week anunciará também, em breve, o seu programa de acções para o LGW Serviço Educativo que decorre em parceria com DGE, numa outra frente das suas iniciativas anunciadas para o digital em 2020.

Lisboa Games Week lança LGW Live e leva os Videojogos a novos públicos2020-11-11T09:38:54+00:00

7ª Edição do LGW – Lisboa Games Week – Adiada para 25 a 28 de Novembro de 2021

7ª Edição do LGW – Lisboa Games Week – Adiada para 25 a 28 de Novembro de 2021

A Fundação AIP, enquanto entidade organizadora do Lisboa Games Week vem comunicar a todos os Expositores, Parceiros e Visitantes do evento que, devido à situação mundial que se vive actualmente com a pandemia do COVID-19 e seguindo as recomendações da DGS – Direção Geral de Saúde e da OMS –Organização Mundial de Saúde, entendeu adiar a 7ª edição do Lisboa Games Week, cuja realização estava prevista no período de 19 a 22 de Novembro, para a data de 25 a 28 de Novembro de 2021.

Esta é uma decisão consensual que resulta de uma auscultação permanente junto de todos os Parceiros e Patrocinadores do evento e, através de uma avaliação contínua do risco inerente à realização de um evento de entretenimento e de massas, do qual a larga maioria, dos mais de 60 mil visitantes, é representada por jovens em idade escolar e visitas de estudo provenientes de todo o país. As características específicas deste evento, muito distintas das de uma feira ou evento profissional, desaconselham a que o mesmo se possa realizar com as necessárias condições de segurança inerentes aos demais eventos organizados recentemente pela Fundação AIP.

O Lisboa Games Week, Parceiros e Patrocinadores estão já a preparar a 7ª edição, mantendo toda a ambição do modelo projectado para 2020 e seguindo com particular atenção as novas tendências e dinâmicas do mercado, com o objectivo de levar todas as novidades e os melhores conteúdos ao seu público-alvo em 2021.

Mas como “Play Beyond Reality” está no ADN do Lisboa Games Week, o evento não irá ficar parado! Anunciará em breve os principais conteúdos que irá disponibilizar a fãs e seguidores ainda em 2020 e no domínio digital.

O Lisboa Games Week assegurará também no domínio digital e em 2020, alguns dos conteúdos previstos no âmbito do LGW Serviço Educativo, bem como toda a dinâmica de network e realização de negócios para a sua área de promoção dos criadores e empresas nacionais de videojogos, realidade virtual e realidade aumentada, LGW Loading Zone, no plano internacional.

A Organização do evento não pode deixar de agradecer todo o apoio manifestado pelos Parceiros e Patrocinadores que ao longo dos anos foram fundamentais na afirmação do Lisboa Games Week enquanto maior evento de videojogos em Portugal, face a esta difícil decisão de adiamento. Em conjunto encaram com confiança um regresso pleno em 2021.

*Imagens da edição de 2019 do Lisboa Games Week.

7ª Edição do LGW – Lisboa Games Week – Adiada para 25 a 28 de Novembro de 20212020-10-15T11:20:46+00:00

Retoma das feiras na FIL superou as expectativas

Retoma das feiras na FIL superou as expectativas

Edição especial do SIL – Salão Imobiliário de Portugal, Tektónica e Intercasa 2020 decorreu de 8 a 11 de Outubro no pavilhão 1 da FIL e foram as primeiras feiras organizadas nas instalações depois de seis meses em stand-by devido à pandemia

Terminou no passado domingo, dia 11, a edição especial de três feiras na FIL: de 8 a 11 de Outubro, SIL – Salão Imobiliário de Portugal, Tektónica e Intercasa decorreram no pavilhão 1 e em simultâneo, numa edição marcada pela retoma da actividade de organização de feiras e eventos na Feira Internacional de Lisboa, depois de seis meses em stand-by devido à pandemia causada pelo Covid-19 a nível mundial.

Apesar das condicionantes, a Fundação AIP decidiu avançar com a realização destas três feiras, contribuindo assim para a retoma económico dos sectores envolvidos – imobiliário, construção e decoração – assim como evidenciou a sua missão de ajuda às empresas portuguesas bem como com a retoma progressiva da economia nacional.

A Fundação AIP assinala o comprometimento dos expositores das três feiras, pelo seu empenho e dedicação, não só ao certame como também para com o mercado que representam, algo que foi fundamental para a transmissão da mensagem de positivismo, confiança e segurança para o país, demonstrando que é possível continuar a assegurar as relações económicas e a concretização de negócios que as feiras possibilitam de forma totalmente segura, nos tempos de incerteza que vivemos.

Imagens da edição especial de 2020 do SIL, Intercasa e Tektónica, que decorreram em simultâneo no pavilhão 1 da FIL

Esta foi também uma edição híbrida, uma novidade implementada pela FIL, que será utilizada nos próximos eventos, feiras e congressos. Este modelo misto permitiu, através de uma plataforma – a FIL – Smart Events – que expositores e visitantes interagissem de forma digital na marcação de reuniões B2B, assistissem a conferências – nomeadamente a SIL Investment Pro, a SIL Turismo Residencial e a entrega de prémios SIL 2020, que premiou os melhores projectos imobiliários do presente ano em diferentes categorias – entre outras funcionalidades que permitiram melhorar a troca de contactos e o engagement entre empresas, de forma flexível por ser um método totalmente digital.

De realçar que a FIL tomou todas as medidas de segurança em estreita articulação com a DGS – Direcção Geral de Saúde. A utilização de protecção individual e a medição da temperatura à entrada foram obrigatórias, assim como a FIL procedeu à marcação de sinalética de corredores únicos de circulação e disponibilizou, por todo o pavilhão, dispensadores para higienização sanitária. O distanciamento social de dois metros foi constantemente recomendado.

Imagens da edição especial de 2020 do SIL, Intercasa e Tektónica, que decorreram em simultâneo no pavilhão 1 da FIL

Três feiras numa edição especial que superou as expectativas

Num total de 127 expositores (dados da UFI), esta foi uma edição especial que juntou os três eventos, complementares, uma vez que todos estão relacionados com a casa, num único pavilhão, podendo ser visitado em simultâneo e, assim, incrementando as sinergias inerentes aos sectores em exposição.

Como definido no plano de contingência, para além de seguidas todas as medidas de segurança no acesso ao pavilhão, foi também estabelecido o limite de 2288 visitantes em simultâneo no evento. A adesão ao evento superou as expectativas, tendo a FIL registado um número considerável de visitantes, profissionais e público em geral, nos quatro dias de evento.

No decorrer dos quatro dias, participaram no evento (físico e digital) mais de 8500 pessoas, das quais, mais de 5500 presencialmente e 3000 seguidores digitais. Fica assim demonstrada a vontade dos visitantes em participar fisicamente nas feiras e eventos, contribuindo assim para o reforço da dinâmica de negócio e da recuperação da economia.

Imagens da edição especial de 2020 do SIL, Intercasa e Tektónica, que decorreram em simultâneo no pavilhão 1 da FIL

O próximo evento organizado pela Fundação, será a 18 de Novembro no PT Meeting Center, na FIL. O Portugal Exportador, evento de um dia inteiramente dedicado à exportação conta com países e mercados em destaque e foca-se em prestar apoio às PME’s portuguesas no seu processo de internacionalização.

MAIS INFORMAÇÕES AQUI.

Retoma das feiras na FIL superou as expectativas2020-10-12T15:59:49+00:00