ifrosado01

/Inês Rosado

About Inês Rosado

This author has not yet filled in any details.
So far Inês Rosado has created 52 blog entries.

Fundação AIP organiza a participação de empresas portuguesas no Pavilhão de Portugal na FACIM 2019, em Maputo

De 26 de Agosto a 1 de Setembro

O Pavilhão de Portugal na FACIM, a maior feira multissectorial de Moçambique, em Maputo, é organizado pela Fundação AIP com o apoio institucional da aicep – Portugal Global, e contará com a presença de uma delegação de empresários portugueses que terão oportunidade de apresentar os seus produtos e serviços, reunir com entidades e empresários locais, promover parcerias, participar em workshops e mostras de degustação de produtos portugueses, entre outras actividades.

Inserida na FACIM, destaca-se a 7ª Semana Empresarial Moçambique Portugal, onde se inclui a Gala Prémios da Cooperação Moçambique Portugal, no dia 26, o Dia de Portugal na FACIM e a distinção de empresas portuguesas do sector agroalimentar acompanhada de degustação de produtos portugueses, no dia 27, e o seminário “O Sector Metalúrgico e Electromecânico em Portugal. A Cooperação Moçambique-Portugal. A Formação Profissional”, pela ANEME, no Auditório do Business Center, no dia 30.

A FACIM decorre de 26 de Agosto a 1 de Setembro no parque de feiras em Marraquene, Maputo, e tem no Pavilhão de Portugal uma das participações mais importantes e emblemáticas deste certame. O Ministro da Economia de Portugal, Pedro Siza Vieira participará na cerimónia de inauguração da FACIM, bem como no Dia de Portugal, reforçando, assim, o reconhecimento e a importância que o governo português continua a conferir ao reforço das relações comerciais e cooperação entre Moçambique e Portugal.

Moçambique continua a apostar na modernização e na diversificação da sua economia, representando, por isso, como uma boa oportunidade para os empresários portugueses que pretendem investir e potenciar os seus negócios no continente africano, sendo Moçambique uma porta de entrada para esses mercados. Sectores como os materiais de construção, as infraestruturas, os produtos agroalimentares, as novas tecnologias estarão representados este ano no Pavilhão de Portugal, apresentando o que de melhor se desenvolve e produz no nosso país.

A Fundação AIP reforça assim o seu permanente compromisso de apoio à internacionalização das empresas portuguesas, através da participação no maior encontro empresarial que se realiza em Moçambique. Perspectiva-se que a participação das empresas portuguesas constitua um grande sucesso ao nível dos contactos e negócios realizados, e que a FACIM se mantenha como ponto de encontro no importante relacionamento empresarial e institucional entre ambos os países. O envolvimento da Fundação AIP no certame insere-se num conjunto de acções que estão a ser desenvolvidas em articulação com os Governos de Moçambique e de Portugal, para o incremento da cooperação bilateral que permita reforçar a importância de Moçambique em toda a região da SADC e o papel de Portugal no espaço da CPLP.

*Esta iniciativa tem ainda o apoio especial da BCI – Banco Comercial e de Investimentos, Tropigália e Visabeira.

*Esta iniciativa tem ainda o apoio especial da BCI – Banco Comercial e de Investimentos, Tropigália e Visabeira.
Fundação AIP organiza a participação de empresas portuguesas no Pavilhão de Portugal na FACIM 2019, em Maputo2019-08-23T09:34:35+00:00

Portugal Exportador foi um dos projectos premiados nos European Enterprise Promotion Awards´19

Projecto foi distinguido na categoria de “Apoio à internacionalização das empresas”

O Portugal Exportador foi um dos premiados nos European Enterprise Promotion Awards´19, na categoria de “Apoio à internacionalização das empresas”, uma iniciativa da Comissão Europeia (coordenada em Portugal pelo IAPMEI), que tem como objectivo potenciar a divulgação de projectos reconhecidos no âmbito da promoção da iniciativa empresarial na Europa.

O Portugal Exportador distinguiu-se, assim, numa das seis categorias destes prémios que, anualmente, identificam os melhores projectos, em várias áreas, pela sua contribuição para o desenvolvimento económico do país e do emprego das regiões.

A Fundação AIP, em parceria com o Novo Banco e a aicep Portugal Global é, desta forma, meritoriamente distinguida pelo trabalho desenvolvido pelo Portugal Exportador, projecto que celebra no presente ano a sua 14ª edição e que se foca no apoio e promoção de PME’s que procuram iniciar o seu processo de internacionalização.

Completando em 2019, com sucesso, a sua 14ª edição, o Portugal Exportador foi criado com o objectivo de proporcionar às pequenas e médias empresas que estão a dar os primeiros passos na internacionalização e/ou a diversificar os seus mercados de exportação, o Marketplace com os principais players do sector e a oportunidade única de explorar novos mercados de exportação, tudo no mesmo espaço, num só dia.

Na edição passada, no total, o evento contou com mais de 130 oradores, 41 cafés temáticos, 23 embaixadas, 9 câmaras de comércio bilaterais e portuguesas, 18 empresas prestadoras de serviços, 8 startups e 6 gabinetes de consultoria.

Este projecto está em constante upgrade, com novos clusters e países a serem abordados todos os anos, tendo em conta os sectores e mercados estrangeiros que se verificam mais apelativos para o investimento na internacionalização das empresas portuguesas.

Em 2019, o Portugal Exportador realizar-se-á no dia 27 de Novembro, das 9h00 às 19h00, no Centro de Congressos de Lisboa. 

Portugal Exportador foi um dos projectos premiados nos European Enterprise Promotion Awards´192019-07-19T16:35:42+00:00

Empresas portuguesas em Cabo Verde: Feira Internacional de Cabo Verde realiza-se de 13 a 16 de Novembro, no Mindelo

No sentido de facilitar o contacto de empresas portuguesas com o mercado cabo-verdiano, a Fundação AIP organiza anualmente o Pavilhão de Portugal na FIC – Feira Internacional de Cabo Verde, que este ano se realiza de 13 a 16 de Novembro no Mindelo, ilha de São Vicente. Esta feira multissectorial representa uma possibilidade única para as empresas portuguesas que queiram iniciar os seus negócios em Cabo Verde, podendo contactar com players do mercado e estabelecer novas redes de contactos, sobretudo para as empresas que não conhecem o mercado deste país africano.

Cabo Verde é um país onde o investimento estrangeiro é favorável e seguro e as relações económicas e comerciais com Portugal são de extrema importância, sendo Portugal o principal cliente e fornecedor de Cabo Verde. A sua localização geográfica privilegiada possibilita a entrada noutros mercados, nomeadamente da CEDEAO – Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental, que engloba quinze países da África Ocidental.

Um dos objectivos do Pavilhão de Portugal na FIC é possibilitar ao empresário português a visão do que é que Cabo Verde precisa e perceber o que acrescenta valor ao povo cabo-verdiano.

No âmbito da FIC é realizada uma iniciativa chamada Stopover: a promoção de encontros B2B nas instalações de potenciais parceiros cabo-verdianos, realizando-se, este ano, dias 11 e 12 na ilha de Santiago, cidade da Praia.

Para mais informações sobre a feira sobre o Pavilhão de Portugal na FIC, deverá registar-se online através deste formulário.

Empresas portuguesas em Cabo Verde: Feira Internacional de Cabo Verde realiza-se de 13 a 16 de Novembro, no Mindelo2019-07-17T14:56:09+00:00

Caldas da Rainha é o município convidado da FIA 2019

 

 

 

 

 

Município famoso pela unicidade da sua cerâmica em destaque na maior feira de artesanato da Península Ibérica

Caldas da Rainha, cidade do distrito de Leiria, é o município convidado da FIA – Feira Internacional do Artesanato 2019, que se realiza de 29 de Junho a 7 de Julho na FIL – Feira Internacional de Lisboa. Durante nove dias, a FIL transforma-se numa montra de multiculturalidade, a nível cultural e gastronómico, a maior da Península Ibérica e a segunda maior da Europa.

Caldas da Rainha, cidade com história e famosa pelo seu artesanato único no país, foi uma escolha óbvia da organização da FIA: “Enquanto centro de produção artesanal, o Concelho das Caldas da Rainha apresenta o melhor do artesanato popular, possuindo no seu património diferentes tipos de peças que são reconhecidamente do agrado dos portugueses, seja pela sua conotação humorística ou pela simbologia de reacção ao sistema. Estamos convictos de que esta mostra, pela sua genuinidade, se irá inserir perfeitamente no espírito da FIA 2019, trazendo aos nossos pavilhões um aspecto mais “colorido” e que faz parte do património cultural dos portugueses em geral e das Caldas da Rainha em particular”.

Com um grande histórico de peças de cerâmica utilitárias de gosto popular, a conhecida Louças das Caldas, materializa-se em louças de cozinha – as famosas travessas, bules, canecas, etc., em formato de couves, alfaces, abóboras, entre outras – mas o que mais distingue a cerâmica caldense é a sua vertente humorística e caricaturista, que a celebrizou um pouco por todo o país. A louça caricatural originalmente apresentava profissões (padres, pescadores, agricultores) estereotipadas, embora a mais popular seja, sem dúvida, a do “Zé Povinho”, personagem imortalizada pelo artista português Rafael Bordalo Pinheiro e adoptada como símbolo de Portugal e do povo português.

 

Um exemplo de cerâmica particularmente peculiar é o falo das Caldas, em exposição na FIA, que surgiu no final do século XIX, numa altura de crise no artesanato da cidade. A curiosidade gerada à volta destas peças de cariz erótico projectou as Caldas da Rainha em Portugal e em vários pontos do Mundo. As peças mais conhecidas são as típicas garrafas e canecas das Caldas, em várias versões e tamanhos, assim como os célebres bonecos. A Câmara Municipal de Caldas da Rainha encara esta participação como uma plataforma para dar a conhecer todo o património inerente à cidade: “Desde as termas às artes, da cultura à natureza, do património à gastronomia… Convidamos todos a conhecer Caldas da Rainha!

Os Bordados das Caldas também marcam presença com o Município, através da presença da Associação de Bordados das Caldas da Rainha.

 

Portugal representado de norte a sul na FIA 2019… ilhas incluídas

A FIA 2019 irá ocupar três pavilhões da FIL, com Portugal representado em pleno no pavilhão 1, do artesanato nacional. Para além da presença dos Açores, que se representa assiduamente na FIA, a Madeira regressa à Feira Internacional do Artesanato alguns anos depois, possibilitando a mostra alargada do artesanato português de norte a sul e ilhas.

Também o IEFP já confirmou a sua presença, trazendo à FIA cerca de 160 artesãos portugueses.

O pavilhão 2 é dedicado exclusivamente ao artesanato internacional, com mais de 40 países representados. A área gastronómica da FIA poderá ser encontrada no pavilhão 3, com uma rota de restaurantes, tasquinhas tradicionais e um mercado gourmet.

A FIA está aberta todos os dias e 29 de Junho a 7 de Julho das 15h00 às 24h00 – o pavilhão 3, da gastronomia, está aberto a partir das 12h30. Os bilhetes podem ser adquiridos online, a 7€, com desconto em relação aos bilhetes adquiridos nas bilheteiras da FIL. Existe também desconto para jovens e seniores (apenas se comprados nas bilheteiras físicas) e packs familiares de 3 e 4 pessoas (se comprados online).

Caldas da Rainha é o município convidado da FIA 20192019-06-18T11:59:37+00:00

IBERANIME: Maior evento de Cultura Pop Japonesa realiza-se na FIL de 18 a 19 de Maio

O IBERANIME é o maior e mais especializado evento realizado em Portugal sobre Cultura Pop Japonesa (cosplay, anime, manga, entre outros). Com um formato bianual, o evento decorre no primeiro semestre em Lisboa e no segundo no Porto.

Durante os fins de semana em que se realiza, o IBERANIME abre as portas para um universo japonês e de cultura pop transversal, que se reflecte nas várias áreas do evento:

J-POP (Japanese Pop Culture) – Concursos de Noodles, AMV’s (vídeos), Karaoke, Para Para Dance, Cosplay, Cartas, Retrogaming, entre outros.

Cultura Tradicional Japonesa – Caligrafia, Introdução ao Japonês, Artes Marciais, Origami, apresentações de música e dança, entre outras.

IA!PLUS (Cultura pop mundial e gaming) –Banda Desenhada de origem americana, franco-belga, áreas de gaming e retrogaming, zonas dedicadas a fãs de StarWars e muito mais.

O IberAnime é o palco das grandes competições de Cosplay:

  • Cosplay World Masters
  • World Cosplay Summit Portugal
  • European Cosplay Gathering
  • Clara Cow’s Cosplay Cup

O Cosplay World Masters é uma competição mundial de Cosplay individual, que conta com eliminatórias internacionais em cerca de 14 países (entre os quais, Portugal, Brasil, Holanda, Bulgária, Letónia, Lituânia, Dinamarca, Suíça, Bélgica e Turquia) , e cuja grande final se realiza no IberAnime Lx, tendo a eliminatória na edição do Porto.

O World Cosplay Summit Portugal é a eliminatória portuguesa que apura a dupla de cosplayers portugueses que representa o país na maior competição de Cosplay do Mundo, o World Cosplay Summit, que tem lugar em Nagoya, no Japão. Esta eliminatória acontece no IberAnime OPO.

O  European Cosplay Gathering tem lugar na Japan Expo, em Paris, reunindo cosplayers de 13 países.

A Clara Cow’s Cosplay Cup tem lugar em Haia, em Junho, conta com a participação de 17 países.

O evento conta ainda com uma competição de Cosplay de Grupo, de carácter mais informal.

IBERANIME TRAZ À FIL O INTÉRPRETE ORIGINAL DO GENÉRICO DE DRAGON BALL Z

Já são conhecidos os convidados da 9ª edição de Lisboa do maior festival de cultura pop japonesa em Portugal. Quase a completar uma década no país, o evento junta à estreante Yumi Matsuzawa, intérprete de temas de abertura e encerramento de séries tão conhecidas quanto Os Cavaleiros do Zodíaco ou Bucky, dois dos maiores êxitos dos últimos anos: Hironobu Kageyama, intérprete do genérico original de Dragon Ball Z e Captain Ghostly, um dos cosplayers internacionais com fatos mais exuberantes e bem trabalhados, promovendo sempre um incrível espectáculo.

Pela primeira vez, o IBERANIME terá lugar na Feira Internacional de Lisboa, ocupando um pavilhão inteiro para toda a área de cultura pop e ainda um espaço extra para a zona mais tradicional. A alteração de instalações irá permitir um melhor circulação e aproveitamento do espaço útil, agora maior, algo que representava já um pedido dos fãs nas últimas edições do evento.

Ainda nas novidades, a organização recupera a área de gaming, complementar a este festival, com confirmação de marcas como a Nintendo, a Playstation e a X-Box, e ainda uma zona de evogaming que tem como objectivo disponibilizar mais de quatro décadas de história da tecnologia e dos videojogos, com consolas de todos os tempos.

O IBERANIME é o maior evento nacional dedicado à cultura pop japonesa e tem lugar a 18 e 19 de maio. Durante o fim de semana, é possível aos visitantes beneficiarem um programa com dezenas de actividades, incluindo workshops gratuitos que vão desde língua tradicional japonesa e origami, à iniciação em multimédia, “aulas” de dança pop japonesa (Para Para Dance), concursos de cosplay, karaoke e de noodles (picantes) e muito mais.

Os bilhetes estão à venda em Ticketline.pt (https://ticketline.sapo.pt/evento/iberanime-19-40252).

IBERANIME: Maior evento de Cultura Pop Japonesa realiza-se na FIL de 18 a 19 de Maio2019-05-10T16:12:18+00:00

SEGUREX 2019 com aumento de 75% de área ocupada

A 18ª edição do maior evento de Segurança, Protecção e Defesa do país aposta na inovação no sector

O SEGUREX regressa à FIL de 8 a 11 de Maio registando um crescimento de cerca de 75% da área ocupada, aumentando a área exposicional para 2 pavilhões, destacando a excelência e dinamismo dos sectores do security e safety.

O SEGUREX aposta na valorização e incremento das seguintes áreas temáticas: higiene e segurança no trabalho, segurança de pessoas e bens, proteção e combate a incêndios, emergência, socorro e salvamento, segurança na circulação e transportes, segurança electrónica, cibersegurança, informática e comunicações, defesa, entidades públicas e organismos do sector, reunindo cerca de 150 empresas e entidades.

O maior evento de Segurança, Protecção e Defesa realizado em Portugal aposta sobretudo nas novidades e inovações do sector, através do Espaço Inovação Segurex, destacando as empresas, que num mercado em constante mutação, apostam na inovação e no desenvolvimento de novos produtos, serviços e equipamentos, contribuindo para o desenvolvimento do tecido empresarial. A cada 2 anos, esta iniciativa, premeia, distingue e valoriza os projectos e entidades através da atribuição de prémios na categoria de Inovação.

Pela primeira vez, o SEGUREX apresenta o Clube de Compradores Segurex que terá como objectivo potenciar as relações comerciais, o networking e a realização de negócios entre as empresas participantes e os potenciais compradores, que deverão inscrever-se para os encontros B2B, através da plataforma de marcação de reuniões promovida pelo www.business.fil.pt.

➡ SEGUREX 2019 acolhe em Lisboa o I Congresso Internacional de Segurança Integrada

O evento bienal regressa com muitas novidades e eventos que irão marcar a agenda dos profissionais. Desde logo a realização nos dias 8, 9 e 10 de Maio, do I Congresso Internacional de Segurança Integrada, Estratégias para o séc. XXI, numa organização conjunta do ISEC Lisboa – Instituto Superior de Educação e Ciências, do ISEL – Instituto Superior de Engenharia de Lisboa, da ESTeSL – Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa e da Revista Segurança, onde serão abordados temas relacionados com a Segurança no trabalho, Segurança e Proteção Civil, Cibersegurança, Segurança Alimentar, Segurança, Urbanismo e Transportes e Segurança e Turismo, com painéis distintos nos três dias, estando todos estes sub-sectores representados no evento, através de entidades e empresas.

Este Congresso conta com a participação de oradores de renome, nacionais e internacionais, onde se destaca Peter Muller, Coordenador Principal do Gabinete de Coordenação e Avaliação de Desastres das Nações Unidas (UNDAC), que abordará a temática “Mecanismos de Coordenação das Nações Unidas para Emergências e a Resposta a Desastres Ambientais” (no painel de dia 9 de Maio), Adrian Belmonte, especialista em segurança de redes e informações na ENISA (Agência da União Europeia para Segurança de Redes e Informação), a debater sobre “Exercícios e Desafios: Actividades para potenciar a segurança em resposta às ameaças da Internet”, no painel sobre Cibersegurança, no dia 9 de Maio e ainda a participação de oradores nacionais especializados em segurança e engenharia informática e com experiência na Marinha, PSP, entre outros.

Pode consultar toda a programação e outras informações aqui.

➡ Espaço Inovação leva a concurso produtos distintos e inovadores

Já desde a primeira edição que o SEGUREX valoriza a Inovação e como tal aposta continuamente no Espaço Inovação, uma iniciativa fortemente reconhecida por Expositores, Visitantes e Imprensa, demonstrando o potencial inovador das empresas portuguesas e que contribuem para o desenvolvimento do tecido empresarial nacional.

Entre os produtos inovadores a concurso está o Eco Camião, o primeiro veículo de combate a incêndios no mundo totalmente eléctrico e não tripulado, alarmes de última geração, barreiras de segurança anti veículos que são capazes de parar veículos até 7,5 toneladas, sinalização iluminada de segurança personalizada e ajustada com informações ao minuto em caso de situação de emergência, softwares de gestão integrada de saúde e segurança para as empresas, novas luvas de protecção com material ultra resistente, instrumentos que permitem detectar fugas de gás através de wireless, protectores térmicos de pneus e abrigos colectivos à prova de chamas para situações de combate a incêndios, balões de iluminação de alto rendimento para utilização em ambientes hostis, um equipamento de CPR cujas compressões são contínuas e ainda um protótipo de um comboio movimentado através de levitação magnética, uma tecnologia já existente em países como a China e o Japão.

Toda a programação do evento pode ser consultada aqui!

Da programação geral destaca-se o Curso de Suporte Básico de Vida com Desfibrilhação Automática Externa, pela Escola Nacional de Bombeiros, as palestras do SEPNA e apresentação do Programa Idosos em Segurança e Residência Segura pela GNR, a palestra sobre os 150 Anos de História da PSP e ainda a palestra sobre a importância do apoio psicossocial aos operacionais para o êxito das missões, pela ANPC, Sistemas de alerta e avisos às populações, pela NAUTA, entre outros.

Já no espaço exterior entre pavilhões será possível assistir a demonstrações do Grupo de Intervenção Cinotécnico da GNR e ao rebentamento de bolas extintoras, pela Record Reference.

O Clube de Compradores SEGUREX, desenvolvido também pela primeira vez neste Salão, é um espaço dedicado ao networking, troca de contactos e realização de negócios B2B entre as empresas participantes e os potenciais compradores.

O SEGUREX ocupará os pavilhões 3 e 4 da FIL e decorre em simultâneo com o Salão TEKTÓNICA, presente nos pavilhões 1 e 2, destacando dois eventos líderes de mercado nos respectivos sectores em Portugal.
A FIL será durante estes 4 dias o grande ponto de encontro dos cerca de 40.000 profissionais relacionados com os sectores da Segurança, Protecção, Defesa, Construção e Obras Públicas, numa área exposicional de 40.000 m2, área temáticas, conferências, encontros B2B entre outras actividades e demonstrações.

SEGUREX 2019 com aumento de 75% de área ocupada2019-04-24T13:59:57+00:00

De 8 a 11 de Maio, a Tektónica regressa à FIL com as tendências do sector

De 8 a 11 de Maio, os sectores de construção e obras públicas estarão em destaque na FIL: a 21ª edição da Tektónica continua a apostar na apoio às empresas, promove a Internacionalização do sector da Construção e explora as oportunidades no mercado nacional, num ano em que se estima que o sector da construção em Portugal cresça cerca de 4%, segundo a FEPICOP.

Na edição de 2019, a Tektónica foca-se em dois grandes temas: a reabilitação, com enfoque na remodelação, eficiência e sustentabilidade e a internacionalização, com a realização de grandes encontros e B2B meetings entre profissionais e um programa alargado de Hosted Buyers.

De destacar o facto de a Tektónica manter a sua capacidade de acolher cinco salões numa só feira:

  • SK – Salão Internacional de Pavimentos e Revestimentos Cerâmicos, Banho, Cozinha e Pedras Naturais;
  • SIMAC – Salão Internacional de Materiais e Equipamentos;
  • TekGreen – Salão de Energias Renováveis, Construção Sustentável e Responsabilidade Social;
  • TekWood – Salão da Indústria da Madeira e Cortiça;
  • TekMáquinas – Máquinas e Equipamentos;

Num ano com perspectivas positivas para o sector, também a Tektónica reflecte o crescimento esperado: a área ocupada prevê-se que seja de 20,400 m2 e está previsto um aumento do número de expositores, até 350, e de visitantes, que poderão atingir os 32,500.

Assim, a Tektónica pretende continuar a consolidar a sua posição como uma plataforma de negócios nacional e internacional, servindo de trampolim a empresas que estão à procura de se lançar no mercado e outras que procuram relançar-se num sector que é cada vez mais competitivo. A Tektónica tem verificado, por um lado, um incremento de novos expositores, assim como uma taxa de fidelização que ronda os 42%, demonstrativo que é um Salão capaz de manter as empresas e de se reinventar anualmente.

Em www.business.fil.pt está aberto o registo para visitantes profissionais que irão beneficiar de vantagens na aquisição de bilhetes.

A Internacionalização da Tektónica que dá a conhecer as empresas portuguesas no estrangeiro e traz compradores internacionais a Lisboa

A Tektónica continua a ter uma presença activa nos mercados internacionais que oferecem perspetivas de negócio para as empresas portuguesas. Se, por um lado, as empresas marcam presença com a Tektónica na Colômbia, em Marrocos, Moçambique e nos E.U.A, também é feita uma captação de visitantes estrangeiros, nomeadamente através do programa Hosted Buyers, que reúne buyers para a edição anual da Tektónica.

Os compradores internacionais para a Tektónica 2019 são convidados da Índia e da Colômbia e também outros provenientes da Europa – Espanha, Reino Unido, Polónia e França –  e de África – Argélia, Senegal, Costa do Marfim e Angola.

Tek Talks na Tektónica 2019: onde os temas mais relevantes e actuais da construção são debatidos

Uma das novidades da 21ª edição da Tektónica são os Tek Talks, espaço de apresentação sobre os sectores, os profissionais, a tecnologia, a digitalização, as ferramentas, as matérias-primas e as marcas, sem esquecer o debate sobre o futuro do sector.

A cada dia do certame, que decorre de 8 a 11 de Maio, em simultâneo com o SEGUREX, haverá um tema orientador: dia 8 de Maio debate-se a eficiência energética, sob o tema “A Eficiência Energética na construção como garantia da permanência da Vida na Terra”, dia 9 a temática dos novos materiais, sob o tema “Novos Materiais e Economia Circular”, que pretende dar a conhecer a incorporação de novos materiais, quer na construção ou na reabilitação, nos projectos locais ou centrais, na construção em altura, edifícios de escritórios ou serviços e construção particular, entre outros.

Com esta talk “Novos Materiais e Economia Circular”, co-organizada com o Grupo Preceram/Vocalis, pretende-se abordar a eficiência energética no seu ciclo: desde a fase da investigação (produção), na fase da escolha e decisão (projecto) até à garantia da exigência do consumidor (venda sustentada), cuja satisfação deverá estar mapeada e ser reflectida na investigação e produção. Já confirmado nesta talk está o Engº Ávila e Sousa, Diretor Técnico do Grupo Preceram.

Já dia 10 o tema é reabilitação “Indústria 4.0 na Construção”, em parceria com a COTEC, uma talk que pretende realçar a envolvência da economia e da sociedade na nova era da construção 4.0, enquanto criadora de novos perfis, geradora de mais postos de trabalho, garantia de menor desperdício, facilitadora na contratação e mediadora no conflito.

Algumas soluções adjacentes de uma aposta cada vez maior em tecnologia de ponta e realidade virtual já trazem resultados promissores, como a geo-localização de alta definição, o uso da metodologia BIM na elaboração dos projectos e a implantação de sistemas de gestão para integração e digitalização dos processos.

As Tek Talks é um novo formato na Tektónica, onde se pretende proporcionar aos visitantes profissionais e buyers internacionais um debate informal e descontraído, onde a construção e arquitectura, com enfoque na sustentabilidade e reabilitação, estão no centro das conversas, em parceria com a imprensa especializada do sector.

Produtos inovadores em concurso no Espaço Inovação Tektónica

O Espaço Inovação é uma das áreas nobres da Tektónica, representativo dos novos produtos vanguardistas da construção numa perspectiva técnica, estética, funcional e social. O Espaço Inovação da Tektónica realiza-se desde 2000 e premeia os produtos mais inovadores do sector, este ano com a introdução de um novo objecto de avaliação, em virtude da evolução do mercado: o aspecto social – relevância e orientação do produto no âmbito da sustentabilidade, compromisso com a sociedade e visão para o futuro de uma sociedade melhor e ainda mais evoluída.

As empresas expositoras da Tektónica podem apresentar a sua candidatura até dia 26, num concurso que abrange produtos de diversas áreas: Pavimentos, Revestimentos, isolamentos, Construções Metálicas, Jardins, Tectos falsos e divisórias, sistemas de construção sustentável, domótica, soluções energéticas, etc. Em 2018, o grande vencedor foi a Microcrete, com um revestimento inovador, que permitia ao utilizador aplica-lo em qualquer parte da habitação sem necessitar de recorrer a apoio externo. Até ao momento, a Tektónica já recebeu candidaturas de 30 produtos inovadores no mercado.

Para além da escolha de um vencedor, o júri, composto por representantes da AECOPS, LNEC, Ordem dos Arquitectos, Ordem dos Engenheiros e Universidade Lusófona, atribui até três menções honrosas.

Todos os produtos concorrentes estarão na exposição no Espaço Inovação no Pavilhão 1 e os vencedores serão divulgados na cerimónia de entrega de Prémios Tektónica e Segurex 2019, no dia 9 pelas 19h30, no Pavilhão Multiusos.

De 8 a 11 de Maio, a Tektónica regressa à FIL com as tendências do sector2019-04-24T13:35:12+00:00

Presidente da Namíbia em Portugal no âmbito de fórum de negócios co-organizado pela Fundação AIP fala num país africano “em fase de emancipação económica”

Presidente da Namíbia em Portugal no âmbito de fórum de negócios co-organizado pela Fundação AIP fala num país africano “em fase de emancipação económica”

A sessão inaugural do Fórum de Negócios com a presença do Presidente da República da Namíbia (3º a contar da direita)

O Presidente da República da Namíbia esteve esta manhã, dia 8 de Abril, no Centro de Congressos de Lisboa, a participar no Fórum de Negócios “Como Fazer Negócios na Namíbia”, que juntou empresários portugueses e namibianos com vista ao estreitamento dos laços comerciais entre ambos os países.

A participação desta delegação namibiana, chefiada pelo Presidente da República, ministros e empresários, teve como principais objectivos, enumerados pela Embaixada da Namíbia: aumentar o conhecimento das oportunidades de negócios no país, aumentar o comércio bilateral entre Portugal e Namíbia e procurar parcerias de negócios.

O Presidente namibiano, Hage G. Geingob, enalteceu o estado democrático da Namíbia, um país com uma localização geográfica privilegiada e que tem feito uma aposta muito grande no desenvolvimento dos seus sectores predominantes, nomeadamente minas, agricultura, infraestruturas portuárias, etc. A Namíbia, reiterou, depois de um período de conquista de paz e prosperidade fulcral para o desenvolvimento do país, começou nos últimos anos a procurar a “emancipação económica” digna de um país “transparente e sem corrupção”.

“Como Fazer Negócios na Namíbia” contou com uma sessão inaugural presidida pelo Presidente da Namíbia, Hage G. Geingob, por Pedro Braga, Adjunto do Presidente da Fundação AIP – em representação do Presidente da Fundação AIP – por Tjekero Tweya, Ministro da Indústria e do Comércio e Conceição Lucas, do Banco Atlântico Europa, seguindo-se reuniões B2B entre empresários portugueses e a delegação composta por 11 empresas namibianas, em Portugal à procura de parcerias e novas oportunidades de concretizar negócios.

Sobre os sectores com maiores oportunidades, as tecnologias de comunicação foram particularmente abordadas. O Ministro da Indústria e do Comércio, Tjekero Tweya, confessou que os progressos a nível de Internet carecem de mais conhecimento de empresas privadas, considerando que este sector tem, na actualidade “muitas oportunidades de negócio”. “Estamos num processo de conseguir fazer chegar Internet a todas as áreas da Namíbia, não só aos centros de negócios, às escolas e aos hospitais, mas a todo o território”.

Pedro Braga, Adjunto do Presidente da Fundação AIP – em representação do Presidente da Fundação AIP – reforçou a importância destes Fóruns para ajudar empresas portuguesas no seu processo de internacionalização, em particular com a Namíbia, um país que, na sua opinião, “merece toda a apreciação devido à sua história e ao progresso político, económico e social”, tornando-o num país “onde se deve investir”. O reforçar das relações bilaterais e de comércio entre ambos os países é um objectivo que a Fundação AIP está “determinada” a concretizar, concluiu.

Já Conceição Lucas, em representação do Banco Atlântico Europa, abordou a sua experiência enquanto o “único banco europeu com uma sucursal aberta na Namíbia”, corroborando a ideia de que este país é, de facto, um bom país para se investir. Sobre o “Como Fazer Negócios na Namíbia”, Conceição Lucas elogiou a organização de iniciativas do género, que “contribuem para enriquecer as relações económicas”.

Presidente da Namíbia em Portugal no âmbito de fórum de negócios co-organizado pela Fundação AIP fala num país africano “em fase de emancipação económica”2019-04-09T09:18:15+00:00

Futurália 2019 promove educação e formação ao longo da vida

“Não há dois futuros iguais. Escolhe o teu” é o ponto de partida do evento que tem como objectivo antecipar tendências sobre temas centrais em torno da educação e formação ao longo da vida, emprego e juventude. A 12ª edição da Futurália está agendada para os dias 3, 4, 5 e 6 de Abril.

A Futurália, maior feira de educação, formação e empregabilidade do país, está de volta à FIL, Parque das Nações, entre os dias 3 e 6 de Abril. “Não há dois futuros iguais. Escolhe o teu” é o mote para mais uma edição de um evento pensado para estudantes, pais, professores, recém-licenciados e todos aqueles que pretendem encontrar um novo caminho para o seu futuro profissional.

A Futurália 2019 mantém a sua missão de desafiar os jovens sobre as suas opções de futuro, tanto a nível académico como profissional, voltando a contemplar uma mostra abrangente de todas as áreas e níveis de qualificação de ensino superior nacional e internacional e profissional, num espaço de exposição e interactividade superior a 20 mil m2 e com mais de 500 entidades presentes. A FIL espera ultrapassar os mais de 80 mil visitantes do ano passado.

Complementarmente à feira, voltam a realizar-se iniciativas como o Concurso de Bandas no Palco LG, a Dream Conf, o Teatro Inglês Interactivo, o Fórum Futurália, diversos workshops e outras actividades que pretendem oferecer aos jovens a possibilidade de interagir, vivenciar e experimentar várias profissões, com o objectivo de os ajudar a encontrar o seu talento ou as áreas de interesse.

Depois do êxito da edição anterior, a organização da Feira volta a reforçar a aposta na área “Futurália Emprego & Empregabilidade”, que regressa nesta edição com uma área de exposição e a realização de diversos workshops de capacitação.

A Futurália é o maior acontecimento que se realiza anualmente em Portugal em matéria de oferta de educação/formação e também o que mobiliza mais jovens e demais partes interessadas, é por isso que a cada edição procuramos inovar e trazer a debate os temas que interessam sobre o futuro da educação e formação que se pretende ao longo da vida. Esta é mais uma edição em que queremos mostrar a jovens estudantes e também a adultos que não existe só um caminho a seguir, que é possível mudar ou reajustar o percurso que definimos e na Futurália podem encontrar essa orientação”, explica Alzira Ferreira, Directora da Futurália.

A 12º edição da Futurália reúne um Conselho Estratégico presidido pelo Professor Marçal Grilo e composto por representantes de entidades de referência nas áreas da educação, formação, emprego e juventude.

Futurália 2019 promove educação e formação ao longo da vida2019-04-01T10:00:37+00:00

Omnichannel – o maior evento de retalho do país está a chegar

Pela primeira vez a omnicanalidade no setor do retalho está em debate em Portugal, na primeira edição do Omnichannel Retail Show, a decorrer nos próximos dias 25 e 26 de março na Feira Internacional de Lisboa. FNAC, GOOGLE, LG, SONAE, MERCADONA, FUJITSU, LIDL, JERÓNIMO MARTINS, CARREFOUR, RANGEL, CTT, CHRONOPOST, VODAFONE, MILLENIUN BCP, ALTICE ARENA, SIBS, BUSINESS ANGELS, PORTUGAL VENTURES, CMLISBOA, DGAE, DGC, CCP, IAPMEI são algumas das empresas e organizações com presença marcada.

Agendado para os dias 25 e 26 de Março de 2019, o primeiro evento de retalho em Portugal dá voz a especialistas sobre o tema alargado do retalho omnichannel, combinado com uma mostra de um conjunto notável de empresas.

Com espaços de conferências e mostra de produto, serviços e tecnologia, destina-se a todos os profissionais do retalho, blockchain, logística, inteligência artificial, cibersegurança, marketplace, beleza e bem-estar e inovação no retalho são alguns dos temas que irão ser discutidos.

Adriana Lima, business development manager da Google, Paulo Couto, key account manager da LG, Patrícia Cotrim, diretora do setor primário e do consumidor da Mercadona, Jorge Jordão Institutional Affairs Director APED e Jerónimo Martins; Tiago Costa, innovation specialist, innovation & future tech da SONAE, Jorge Quintão, CFO & IT da Altice Arena, são algumas das novas confirmações para este evento.

O Omnichannel Retail Show, enquanto evento de transferência de conhecimento assenta no princípio de networking, pelo que foi pensado num total de 15 diferentes formas de envolvimento para todo o tipo de gostos e necessidades de transmissão de saberes ou criação de leads. No total, projetamos para que venha a ocorrer um evento composto por duas grandes conferências, 20 painéis, 65 oradores, 40 start ups, 10 mesas de consultoria, duas apresentações de estudos e 20 business lunch tables, para esta primeira edição de um evento único dedicado ao Retail na Era da Omnicalidade”, refere Margarida Bago, responsável pela organização do evento.

Organizado pela fundação AIP, o primeiro evento de retalho em Portugal promete abordar temas para pequenas e grandes empresas da área.

Para saber mais consulte o site: https://omnichannel.fil.pt/.

Omnichannel – o maior evento de retalho do país está a chegar2019-03-22T11:08:07+00:00