About Diana Santos

This author has not yet filled in any details.
So far Diana Santos has created 22 blog entries.

Tektónica e Segurex 2017 reflectiu clima de evolução dos sectores representados com crescimento de número de expositores e visitantes

Tektónica – Salão Internacional da Construção e Obras Públicas e Segurex – Salão Internacional de Protecção, Segurança e Defesa, encerraram as portas, na FIL, no passado dia 6 com 42.000 visitantes e 600 expositores

A 19ª edição da Tektónica decorreu em simultâneo com a 17ª edição do Segurex tendo recebido 41.920 visitantes (aumento de 9% em relação à edição anterior) que durante os 4 dias proporcionaram contactos e oportunidades de negócio, juntamente com os 600 expositores que participaram nos dois certames, dando uma clara visão de crescimento e optimismo nos sectores representados. Duas feiras em simultâneo, que para além de terem proporcionado um ambiente profissional estimulando os negócios a nível nacional e internacional, foram também palco para encontros B2B, conferências, workshops, acções de formação demonstrações e atribuição de prémios.

Os dois salões ficaram marcados pela inovação – espaço de destaque para as novidades apresentadas na feira que visa valorizar e distinguir as empresas que apostam no desenvolvimento de novas tecnologias e produtos – e pela distinção de personalidades e entidades que, ao longo dos anos, têm trabalhado em prol dos sectores destes certames. A gala teve lugar no dia 5 de Maio com a presença de 200 convidados, tendo sido atribuídos 31 prémios e distinções. Com destaque para a personalidade Segurex atribuída ao Dr Rui Pereira, e as homenagens ao Ministério da Defesa, Ministério da Administração Interna e Camara Municipal de Lisboa, pelo seu contributo ativo no enriquecimento dos salões organizados pela fundação AIP, na FIL.

Este ano, todos os visitantes puderam contar com as apresentações de cerca de 50 oradores nas mais de 30 conferências, workshops, seminários, academias e apresentações comerciais que a Tektónica e a Segurex disponibilizaram durante os 4 dias de feira.

A Tektónica conseguiu, num só local, agregar empresas especializadas em materiais e serviços do sector da construção e obras públicas debatendo os principais temas da actualidade do sector da construção entre os players do mercado nacional e de outros mercados internacionais que reconhecem a capacidade de internacionalização das empresas portuguesas. Este ano, o programa Hosted Buyers trouxe à feira visitantes provenientes dos países da CPLP, de Marrocos, da Colômbia, de Espanha, da Arábia Saudita, do Qatar, dos Estados Unidos, de França, entre outros.

Durante o último dia de certame, várias empresas e entidades presentes na Segurex fizeram as delícias de todos aqueles que gostam de ver os profissionais ligados à protecção, segurança e defesa deste país em acção. Puderam assistir operações de resgates no rio tejo, simulacros com enfoque na prevenção, combate, socorro e salvamento e, ainda, demonstrações feitas pelas forças de segurança na área exterior do pavilhão onde decorreu o Segurex.

O Segurex, tendo representadas todas as forças e entidades envolvidas nas missões de Proteção, Segurança e Defesa Nacional, é o palco adequado para reforçar a operacionalidade desses recursos, e proporcionar exercícios e simulacros que ajudem na boa articulação dos mesmos, mantendo o elevado grau de eficácia e prontidão.

Inovação, personalidades e empresas distinguidas na 3ª cerimónia de entrega de prémios Tektónica e Segurex 2017

O dia 5 de Maio ficou marcado pela 3ª cerimónia de entrega dos prémios Tektónica e Segurex 2017 com 20 e 11 distinções, respectivamente. Esta gala teve como principal objectivo, permear e distinguir pessoas, empresas e entidades, que ao longo dos anos têm trabalhado em prol do sector da Construção e da Segurança com competência, qualidade e visão sobre o futuro.

 

TEKTÓNICA 2017       

Os prémios Tektónica, que assinalam áreas tão importantes como a formação profissional, a investigação, desenvolvimento e inovação e, ainda, a internacionalização foram os primeiros a ser entregues. O Prémio Academia Tektónica 2017, que se realiza pela 5ª vez, foi atribuído ao  ISCTE, Mapei, Preceram (Argex e Gyptec), Heaboo, Gosimat e CENFIC .

A iniciativa “Portugal Constrói uma Identidade” tem como objectivo distinguir as empresas portuguesas fabricantes que mais contribuem para o desenvolvimento e afirmação de uma identidade portuguesa. Os permeados no âmbito do Portugal Constrói foram SANINDUSA, ATZ; AMORIM REVESTIMENTOS, GYPTEC e ARGEX UTILZAS, GRANITRANS, SECIL, INAREL e WHITE MINERALS.

O prémio Inovação é anualmente atribuído a produtos cuja inovação é evidenciada através das vertentes técnicas, funcionais ou estéticas e, este ano, o prémio na área da inovação 2017 foi atribuído ao Tudo Solar Heavy Floor Soled, da Chatron. Nesta área foram ainda entregues 2 menções honrosas, distinguindo a Banita, Lda com o produto Sanita Bidé, e a Heaboo  com o produto Box Hoterway .

O prémio arquitectura Tektónica 2017 foi atribuído aos arquitectos Francisco Vieira e Cristina Guedes, do Gabinete Mais é Menos, os representam uma nova geração de profissionais. É esse entendimento da complexidade dos valores da Tektónica, expressos na pormenorização, nas volumetrias ou na escolha dos materiais, que foram distinguidos .

No mesmo contexto, o prémio engenharia TeKtónica 2017 foi entregue à Engenheira Rita Moura, presidente do Cluster AEC – Arquitectura Engenharia e Construção e da PTPC (Plataforma Tecnológica Portuguesa da Construção) entre muitos outros cargos.

 

SEGUREX 2017

No seguimento dos prémios da Tektónica 2017 e no mesmo contexto, no âmbito dos prémios da Academia Segurex, foram distinguidos  Sintimex, Vianas e  Escola Nacional de Bombeiros.

O prémio Inovação Segurex 2017, que valoriza os produtos, serviços ou equipamentos inovadores e distingue as empresas que apostam no desenvolvimento de novos produtos, consagrou o 1º Prémio a Micotec Electrónica, Lda com o Produto Brain Fingerprinting

Neste contexto, foram entregues três menções honrosas, primeiramente à empresa Bernardo da Costa, pelo produto Exva People Counting, a 2ª menção honrosa foi entregue à Guarda Nacional Republicana pelos produtos GNR Mobile – Projecto de Mobilidade da GNR; Projecto Life Rupis – Equipa Cinotécnica com capacidade para detecção de venenos e iscos envenenados a animais selvagens mortos no douro internacional e Apperegrinos – Aplicação móvel gratuita de apoio à peregrinação e, por último, a 3ª menção honrosa foi atribuída à Luís Figueiredo com o produto Veículo Combate Incêndios – 1ª intervenção em zonas históricas “eléctrico”.

Por último, o prémio personalidade Segurex 2017 foi entregue a Rui Pereira pelo seu contributo para o sector da protecção, segurança e defesa. Rui Pereira foi fundador e primeiro presidente do OSCOT (Observatório de Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo) e da revista Segurança de Defesa, Foi Diretor-Geral do Serviço de Informações de Segurança, ocupando ao longa da sua vida profissional cargos públicos e privados, incluindo o ensino, tendo recebido inúmeras condecorações.

ALIMENTÁRIA & HOREXPO LISBOA 2017 AO SERVIÇO DA INOVAÇÃO, SAÚDE, BEM-ESTAR E PRODUÇÃO NACIONAL

A Alimentaria mudou e apresenta-se este ano com um novo posicionamento focado em 4 eixos fundamentais: Inovação, Saúde, Bem-estar e Valorização da Produção Nacional.

Porquê esta mudança? Para dar resposta às novas necessidades da Indústria, do Consumidor, da Distribuição e do Canal Horeca.

É preciso promover a competitividade da nossa economia, a capacidade exportadora e abertura a novos mercados não tradicionais, a criação de emprego e inclusão social, a promoção de estilos de vida saudáveis, o combate ao desperdício alimentar, bem como salvaguardar a qualidade e segurança alimentar. Sentindo estas necessidades e sendo um player de referência e ponto de encontro obrigatório para toda a industria alimentar, a Alimentaria & Horespo Lisboa 2017 tem, pela primeira vez, uma parceria com 3 Ministérios: o Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, o Ministério da Saúde e o Ministério de Economia.

Uma parceria que vai ao encontro dos novos eixos e da nova estratégia, bem como das necessidades do sector.

Saúde / Bem-estar

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), 80% das doenças cardiovasculares, 90% de diabetes mellitus tipo 2 e 33% de todos os tipos de cancro poderiam ser evitados pela adopção de estilos de vida saudáveis, nomeadamente através de mudanças benéficas nos hábitos alimentares.

O Ministério da Saúde/Direção Geral da Saúde, através do Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável, colocou em marcha a missão de melhorar o estado nutricional da população portuguesa.

A Alimentaria está alinhada com as políticas públicas no que diz respeito à promoção de estilos de vida saudáveis. Até porque a Horexpo, salão que integra a Alimentaria Lisboa desde 2011, tem a capacidade de chegar a todo o canal de distribuição e Food service do país: restaurantes, sector hoteleiro, restauração colectiva, caterings, eventos e espectáculos, etc.

Mas a Inovação também pode ter influência na alimentação e nomeadamente nos estilos de vida saudável.

Inovação / Valorização da Produção Nacional

Outras das principais prioridades políticas atuais é atrair investimento internacional para Portugal, orientado para os sectores produtivos da economia – um investimento “que vem para ficar”. A área agrícola e a indústria alimentar têm dado bons exemplos de sucesso, o que tem contribuído para o desenvolvimento do tecido empresarial em Portugal.

Os ministérios da Agricultura e da Economia articulam-se para o desenvolvimento não apenas do sector agrícola mas de toda a cadeia agro-alimentar, através da Plataforma de Acompanhamento das Relações na Cadeia Agro-alimentar, um importante fórum destinado a promover a discussão e o diálogo entre os diversos actores, desde a produção primária, à indústria e à distribuição de produtos agro-alimentares.

Num momento em que o sector agroindustrial em Portugal está a ter um bom desempenho, a aptidão que o mesmo apresenta para atrair e captar investimento externo nunca foi tão vincada. Com esta iniciativa, a Alimentaria & Horexpo visa contribuir para esta dinâmica, trazendo investidores estrangeiros para conhecerem as empresas nacionais, a capacidade produtiva do país e a qualidade da produção nacional. Por outro lado, representa num palco importante para promover o estabelecimento de parcerias que reforcem o crescimento e competitividade económica do país, estabelecendo sinergias entre setores ligados à agricultura, como o ambiente, turismo, emprego ou qualificação profissional.

A Alimentaria é o local ideal para promover a captação de investimento direto estrangeiro nomeadamente em atividades de inovação que capacitem as empresas nacionais para integrarem as denominadas Global Value Chains, adequando o perfil de especialização à procura interna.

Portugal representa uma orientação exportadora com uma enorme margem de crescimento.

É precisamente por estes motivos que a edição de 2017 da Alimentaria & Horexpo Lisboa se reveste de uma importância particular, que se reflete nestes 4 eixos que se fundem em si e com os programas do Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, do Ministério da Saúde e do Ministério de Economia.

FIA 2017 – A maior feira intercultural da Península Ibérica faz 30 anos este verão

É já de 24 de Junho a 2 de Julho que a FIA Lisboa 2017 – Feira Internacional do Artesanato, comemora o seu 30º aniversário, brindando os visitantes com peças de artesanato, sabores, danças e tradições dos quatro cantos do mundo, celebrando na FIL o grande encontro de culturas. Durante 9 dias, a FIL será a plataforma de excelência para a promoção da identidade e desenvolvimento dos territórios nacionais e internacionais, tanto a nível económico, como cultural e turístico. Com organização da Fundação AIP, em colaboração com o IEFP – Instituto do Emprego e Formação Profissional, a FIA Lisboa junta num só espaço a diversidade de produtos com origem no Património Material e Imaterial, aproveitamento de recursos naturais e agentes económicos associados à criatividade, inovação e talento, promovendo o desenvolvimento dos territórios nacionais e internacionais.

São mais de 400 entidades e empresas, entre artesãos nacionais e internacionais, entidades ligadas ao desenvolvimento rural e regional e agentes na área da gastronomia artesanal e tradicional e restauração que já confirmaram a presença na 30ª edição da FIA Lisboa 2017.

Confirmados estão, também, cerca de 30 países que vêem na FIA Lisboa a possibilidade de conhecerem profissionais, coleccionadores e apreciadores dos ofícios artesanais, artes e design, agentes da área da gastronomia tradicional, bem como entusiastas do artesanato enquanto manifestação cultural. Este ano, a FIA Lisboa conta com uma maior representação estrangeira por parte da Índia e a Europa está representada, até ao momento, por Espanha, Itália e França. A Venezuela participa pela primeira vez, fazendo parte das Participações Oficiais juntamente com o Vietname. Também Marrocos, Congo, Perú, Nepal, Equador, Egipto, Quénia, Tunísia, Turquia, Indonésia, são alguns países já confirmados.

Esta edição comemorativa promove, igualmente, a Semana da Gastronomia Tradicional onde a diversidade de produtos e paladares característicos das regiões de Portugal mostram o Património Gastronómico como um ícone da cultura nacional.

Os visitantes já podem comprar o bilhete de entrada através da plataforma Ticketline e usufruir de um desconto de 20%

Tektónica 2017 com forte aposta nas conferências ligadas ao sector

De 3 a 6 de Maio, a FIL recebe a 19ª edição da Tektónica, já com 400 expositores confirmados, que ocupará o pavilhão 1 e 2, o pavilhão Multiusos e, ainda, o PT Meeting Center. São várias as empresas de renome do sector que darão vida às actividades da Tektónica 2017, tais como ANFAJE, Caleidoscópio, ARGEX, GYPTEC, MAPEI, APESF, AMPERE ENERGY PORTUGAL, APCMC, EFRIARC, APISOLAR, APEMETA, APICER, CENFIC, ISCTE, entre outras.

O evento oferece aos profissionais a oportunidade de conhecer em profundidade o mercado português e os seus produtos, assim como aceder a uma ampla oferta de marcas que aproveitam esta oportunidade para apresentarem as suas novidades no mercado português.

Durante os 4 dias do certame, realizar-se-ão um conjunto de actividades como conferências, workshops, demonstrações, encontros empresariais, entre outras. Este ano, o País convidado será a Colômbia, mercado seguro para investimento e um dos países da América Latina com maior taxa de crescimento e significativo aumento de consumo e poder de compra.

O programa variado intensificará a experiência de todos os visitantes que queiram alargar o seu conhecimento dos sectores em exposição e dos profissionais que procuram o networking com grandes marcas. A feira líder de Construção em Portugal visa apoiar as empresas, promovendo a Internacionalização do sector da Construção e explorando as oportunidades no mercado nacional.

A Tektónica, é uma feira organizada pela Fundação AIP e, tem como base o factor congregador do mercado, participando activamente em acções que unam o sector através de alguns dos seus agentes principais, tal como as ordens dos Arquitectos e ordem dos Engenheiros ou a CPCI Confederação Portuguesa da Construção e do Imobiliário. A capacidade de reunir estes drives de competências fará dos projectos de construção elaborados e executados por massa critica portuguesa mais competitivos e mais próximos das necessidades dos cidadãos, das cidades, dos países.

 

SECTORES EM EXPOSIÇÃO:

SK – Pavimentos e Revestimentos Cerâmicos, Banho, Cozinha, Pedras Naturais

SIROR – Pedras Naturais

SIMAC – Materiais e Equipamentos para a Construção

TEKGREEN – Eficiência Energética, Energias Renováveis, Construção Sustentável e Responsabilidade Social na Construção

TEKWOOD – Indústria da Madeira e Cortiça para a Construção, Produtos, Máquinas e Serviços

TEK MÁQUINAS – Máquinas e Equipamentos para a Construção e Obras Públicas

 

A 19ª edição da Tektónica decorrerá em simultâneo com o Segurex – Salão Internacional de Protecção, Segurança e Defesa, de 3 a 6 de Maio, na FIL.

Protecção, segurança e defesa são o mote do Segurex 2017

Segurança de Pessoas e Bem, Segurança no Trabalho, Proteção e Combate a Incêndios, Socorro e Salvamento, Segurança na Circulação e nos Transportes, Informática e Comunicações, Entidades Públicas e Organismos do Sector e Defesa são os temas que marcarão a 17ª edição do Segurex

Edição após edição, a Segurex tem vindo a crescer e a 17ª edição não é excepção. O Segurex 2017, a realizar-se de 3 a 6 de Maio, conta com mais 10% de expositores e um programa vasto em temáticas alusivas à protecção, segurança e defesa. O Segurex conta com a participação de empresas líderes nos sectores em exposição, proporcionando aos visitantes o contacto com as novidades neste mercado, de modo a atualizarem o seu networking com fornecedores, distribuidores e representantes oficiais de marcas nacionais e internacionais.

O primeiro dia do certame será marcado pela realização da Conferência “Vídeovigilância em espaços públicos”, um tema atual, sobre o qual se debaterão Entidades públicas e privadas, Gestores de grandes superfícies e espaços públicos como os Estádios de Futebol ou os Hipermercados.

Durante os 4 dias do evento, continuarão a realizar-se um conjunto significativo de actividades conferências, workshops, demonstrações, encontros empresariais, etc. Serão debatidos temas como a protecção respiratória, riscos do trabalhador isolado, as novas tecnologias em luvas de protecção, sistemas de intrusão e incêndio, o essencial da protecção auditiva, entre outras.

Os profissionais terão a oportunidade de conhecer em profundidade o mercado português e os seus produtos, assim como aceder a uma ampla oferta de marcas que aproveitam esta oportunidade para apresentarem as suas novidades no mercado português. Este é um evento marcado pelo forte envolvimento institucional, com a participação do Ministério da Administração Interna, Ministério da Defesa Nacional, Ministério da Saúde, Câmara Municipal de Lisboa, bem como de todas as entidades deles dependentes que intervêm na área da segurança.

A Segurex 2017 decorrerá em simultâneo com a 19ª da Tektónica – Feira Internacional de Construção e Obras Públicas, de 3 a 6 de Maio, na FIL.

SEGUREX 2017 com aumento de 10% de expositores

A 17ª edição do SEGUREX, que decorre na FIL entre os dias 3 e 6 de Maio, tem um crescimento de 10% relativamente ao período homólogo da edição anterior, demonstrando que as feiras são uma plataforma de excelência para as empresas dos sectores representados apresentarem novos produtos e serviços, quer ao visitante nacional quer ao internacional. Sob a organização da FIL, Fundação AIP, o SEGUREX decorre em simultâneo com a Tektónica – Feira Internacional da Construção e Obras Públicas criando sinergias entre os profissionais destes dois mercados fundamentais para a economia do País

Nesta edição, o maior evento de Segurança, Protecção e Defesa em Portugal, que decorre bianualmente na FIL e é dirigido ao mercado nacional e internacional, respondendo às diversas necessidades do sector está organizado por 8 grandes áreas, nomeadamente Segurança contra intrusão, roubo e agressão; Segurança Laboral; Segurança contra Incêndios; Socorro e Salvamento; Segurança nos Transportes e Circulação; Segurança nas Comunicações; Segurança Nacional e Defesa Nacional, prevendo-se, face ao crescimento até à data, a presença de mais de 180 empresas presentes.

O SEGUREX, é um salão que aposta fortemente na Internacionalização, Inovação e Formação, focando-se nos visitantes com elevada influência na aquisição e prescrição de produtos e serviços de segurança, fomentando o negócio, debate, formação, inovação e espectáculo.

Pela terceira vez, a simultaneidade de realização do SEGUREX e da Tektónica, eventos líderes de mercado nos respectivos sectores em Portugal, perspectivam, em conjunto, um universo alargado de 50.000 visitantes, ganhando-se dimensão e sinergias de interesses, quer a nível dos profissionais, quer a nível do público. A FIL será durante quatro dias o grande ponto de encontro de profissionais e público final interessados nos sectores da Segurança, Protecção, Defesa, Construção e Obras Públicas, com uma área com cerca de 40.000 m2 de exposição e actividades.

As Exposições, Conferências, B2B com compradores estrangeiros, Gala de entrega de Prémios, Acções de Formação, Espaço Inovação, Demonstrações e outras actividades, terão lugar nos Pavilhões 1, 2, 3, no Pavilhão Multiusos, na PT Meeting Center da FIL e ainda, na área exterior adjacente aos pavilhões e estuário do tejo.

19ª edição da Tektónica com mais 25% de expositores inscritos demonstra energia do sector

O sector das feiras continua a demonstrar crescimento nos vários sectores económicos, tanto de profissionais como de grande público, e a FIL orgulha-se de apresentar a 19ª edição da Tektónica – Feira Internacional da Construção e Obras Públicas com mais 25% de expositores inscritos relativamente ao período homólogo do ano anterior. A edição de 2017, terá lugar de 3 a 6 de Maio, ocupando os pavilhões 1, 2 e Multiusos, para além das áreas exteriores e do PT Meeting Center, da FIL, o que corresponde a uma área de mais de 30.000 m2. A TEKTÓNICA é uma iniciativa da Fundação AIP com a colaboração das principais entidades associativas dos sectores em exposição.

Sendo uma feira reconhecida a nível nacional e internacional, salienta-se uma forte adesão principalmente nos sectores, SK – Pavimentos e Revestimentos Cerâmicos, Banho, Cozinha e Pedras Naturais, no TEKWOOD – Indústria da Madeira e Cortiça para a Construção e TEK MÁQUINAS – Máquinas e Equipamentos para a Construção e Obras Públicas. A adesão de empresas, cuja atividade se centra na comercialização de equipamentos e máquinas para a Construção que vão desde andaimes a empilhadores, gruas, betoneiras, entre outros equipamentos, refletem o dinamismo que o sector começa a revelar nomeadamente no que reporta à Construção Nova.

PAÍS CONVIDADO: COLÔMBIA

A Colômbia é o país convidado da TEKTÓNICA 2017, um país seguro para investimento e um dos países com maior taxa de crescimento e significativo aumento de consumo e poder de compra. A Fundação AIP em estreita colaboração com a Câmara de Comércio e Indústria Luso – Colombiana promove a visita de empresários daquele país da América Latina. Para além de uma área representativa da Colômbia na exposição, está prevista a participação de representantes colombianos em conferências e workshops de esclarecimento de questões político-económicas e apresentações daquele mercado e respectivas oportunidades de negócio.

PROGRAMA DE HOSTED BUYERS

Em 2016, a TEKTÓNICA contou com mais de 100 convidados compradores provenientes de Espanha, França, Bélgica, Reino Unido, Itália, Marrocos, Argélia, Tunísia, Colômbia, Angola, Moçambique, Cabo Verde, Canadá, E.U.A., Camarões, Costa Rica, Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos, realizando reuniões de negócio e parceiras com empresas portuguesas num sector económico em franco desenvolvimento. A TEKTÓNICA reforçou assim a missão da Fundação AIP que promove a internacionalização das empresas portuguesas.

Este ano, o Programa Hosted Buyers TEKTÓNICA 2017, através de parcerias com o aicep Portugal Global, Embaixadas, Câmaras de Comércio e outras Entidades trará  à feira visitantes provenientes de mercados dos países da CPLP, de Marrocos, da Colômbia, de Espanha, da Arábia Saudita, do Qatar, dos Estados Unidos, de França, entre outros.

A TEKTÓNICA tem como objectivo, agregar num só espaço, durante 4 dias, empresas especializadas em materiais e serviços do sector da construção com inúmeros eventos, conferências, seminários, workshops, academias e apresentações comerciais, debatendo os principais temas da actualidade do sector da construção entre os players do mercado nacional e de outros mercados internacionais que reconhecem a capacidade de internacionalização das nossas empresas.

 

SECTORES EM EXPOSIÇÃO:

SK – Pavimentos e Revestimentos Cerâmicos, Banho, Cozinha, Pedras Naturais

SIROR – Pedras Naturais

SIMAC – Materiais e Equipamentos para a Construção

TEKGREEN – Eficiência Energética, Energias Renováveis, Construção Sustentável e Responsabilidade Social na Construção

TEKWOOD – Indústria da Madeira e Cortiça para a Construção, Produtos, Máquinas e Serviços

TEK MÁQUINAS – Máquinas e Equipamentos para a Construção e Obras Públicas

Conheça a nova ALIMENTARIA & HOREXPO LISBOA 2017

Salão Internacional com foco nos temas da Inovação, Produção Nacional, Saúde e Bem-Estar

A edição de 2017 da Alimentaria & Horexpo Lisboa apresenta-se com um novo posicionamento, onde Inovação, Saúde, Bem-estar e Produção Nacional serão conceitos a desenvolver. O já conhecido Salão Internacional da Alimentação, Hotelaria e Tecnologia para a Indústria Alimentar vai ter lugar na FIL nos dias 4, 5 e 6 de Junho.

Uma das grandes novidades deste ano é a grande oferta de actividades paralelas que além de favorecerem o intercâmbio comercial, a formação e a recolha de informação, também atribuem à feira um valor diferenciador.

Conheça algumas das atividades especiais:

Encontro Nacional da Grande Distribuição

Pretende reunir todos os profissionais da distribuição moderna e debater a evolução do retalho moderno nacional, bem como os temas mais importantes da realidade do mercado actual e as tendências para o futuro.

Chefe Cozinheiro do Ano

O Chefe Cozinheiro do Ano é o maior e mais importante concurso nacional de cozinha para profissionais, sendo esta a sua 28ª edição. Para além do apuramento do Chefe Cozinheiro do ano, o objectivo do concurso reside na valorização profissional dos cozinheiros em Portugal. O Concurso tem marcado presença na A&H Lisboa desde a sua primeira edição, através da realização de várias etapas e em 2017, pela 1ª vez, realiza a grande final com o Apuramento do Chefe Cozinheiro do Ano de 2017.

Programa Hosted Buyers

Dirigido exclusivamente a compradores estratégicos internacionais, importadores e distribuidores de grandes superfícies/supermercados, lojas de delicatessen e cadeias de hotelaria e restauração. Este é um programa desenvolvido em parceria com entidades como a Portugal Foods, a Fipa, a AHRESP, entre outras, aportando o seu know-how e experiência e alinhando esta linha de ação para as empresas que pretendem iniciar ou alargar a sua presença no exterior.

 

A Alimentaria & Horexpo Lisboa 2017 é uma organização da FIL, em parceria com a Alimentaria Exhibitions, apresenta-se como o local de negócios e networking de todos os profissionais do sector, bem como um palco aberto ao debate e discussão. É o espaço de negócio privilegiado para o mercado interno e para o mercado externo, este ano sob o mote ‘Vender Mais, Conhecer Novos Mercados e Captar Novos Clientes’.

Em três dias, a FIL reúne numa só feira três grandes áreas de negócio para os profissionais do sector – Alimentaria Lisboa, Horexpo e Tecnoalimentaria – reunindo toda a oferta e novas tendências para aumentar o negócio e dar qualidade aos empresários que operam neste grande mercado.

A Alimentaria Lisboa reúne a oferta alimentar, organizada em torno de sectores que representam a grande variedade da indústria de alimentação e bebidas. Conta com o apoio e colaboração de todos os canais de distribuição do País, oferecendo aos expositores e visitantes a oportunidade única de testar lançamentos, realizar contactos e entrar em novos mercados.

A Horexpo é o evento por excelência para o Canal Horeca em Portugal. Conta com a colaboração activa das associações mais importantes do sector. Apresenta uma oferta global com produtos que vão desde o têxtil, às porcelanas, cutelarias e aos equipamentos para cafés, bares, pastelarias, restaurantes e hotéis, reunindo as principais marcas
internacionalmente reconhecidas no mercado.

A Tecnoalimentaria reúne a mais completa oferta de tecnologia e equipamentos para a indústria e distribuição alimentar. De carácter transversal, cobre todas as necessidades tecnológicas presentes na cadeia alimentar, desde os ingredientes até à embalagem, passando pela manipulação, transformação e distribuição comercial.

Para além de cobrir todo o mercado português, a Alimentaria & Horexpo Lisboa é uma ponte natural para o comércio da indústria alimentar com os países de influência portuguesa onde se movem mais de 250 milhões de potenciais consumidores, com os mercados europeus e outros internacionais onde se desenvolvem contactos e acções específicas.

Este posicionamento estratégico vai permitir trazer à Alimentaria & Horexpo Lisboa temas actuais e relevantes para o sector possibilitando novas abordagens aos desafios recentes das empresas da alimentação, da restauração e da hotelaria. Wellness & Health, Nutrição, Alimentação do Futuro, Nova Geração de Consumidores, Origens, Produção Nacional, entre outros, serão alguns dos eixos que irão marcar esta edição.

Mais de 63.500 viram as últimas novidades do mundo da moto, da náutica, do camping, do desporto e aventura

Lisboa MotoShow e Nauticampo batem recorde de visitantes na FIL

A Nauticampo e o Lisboa MotoShow registaram 63.522 visitantes durante os 5 dias de evento, o que constitui um recorde com um aumento de 15% em relação à última edição, transformando a FIL, no período de 5 a 9 de Abril, no grande palco nacional de apresentação de novidades para os sectores náutica de recreio, camping, desporto e aventura, moto e acessórios. A Nauticampo e o Lisboa MotoShow são uma organização da Fundação AIP com o apoio da ACAP – Associação Automóvel de Portugal.

O Secretário de Estado Adjunto e do Comércio, Paulo Ferreira, presidiu à abertura oficial do Lisboa MotoShow e fez uma visita à Nauticampo, que contou também com as visitas oficiais de vários grupos parlamentares, que junto dos expositores puderam constatar o bom momento que os sectores da náutica e da moto atravessam.

A presença de mais de 1.000 motos, com cerca de 100 modelos apresentados em primeira mão em Portugal durante o evento, foram as grandes atrações do Lisboa MotoShow, demonstrando o empenho das marcas presentes em fazer deste salão o melhor da Península Ibérica para o sector. O desenvolvimento do novo espaço – Motor Racing – veio abrir novas propostas ao salão, onde brilhou a box do piloto nacional Miguel Oliveira, com a transmissão do grande prémio da Argentina em direto, coroado com o excelente 2º lugar do nosso campeão. O espaço da Federação de Motociclismo de Portugal com a promoção do calendário nacional de provas, ou as sempre cobiçadas “café racers” foram outras das atrações acarinhadas pelos amantes da modalidade e curiosos pelos desportos motorizados. No espaço exterior os test drives com motos de alta cilindrada foram um êxito, à semelhança de edições anteriores.

A Nauticampo teve este ano várias iniciativas novas, com especial destaque para a “Regata Nauticampo”, em parceria com a Associação Naval de Lisboa e a Associação de Remo do Sul e Ilhas, que contou com a participação de mais de 100 jovens remadores, animando toda a zona da doca do Oceanário do Parque das Nações. O programa de workshps foi também bastante rico em temáticas, como a náutica de recreio, o autocaravanismo, ou as actividades subaquáticas. O interesse em torno de embarcações de pequeno porte mostra que há um público mais alargado com interesse nas actividades náuticas, acompanhando a tendência para o aumento geral dos visitantes do salão.